Publicidade
Esportes
Craque

Passa e repassa: Del Nero reassume CBF, deve nomear Nunes e pedir nova licença

O presidente da entidade máxima do futebol brasileiro voltou ao cargo nesta segunda-feira (4). Mandatário tende a pedir novo licenciamento, não antes de indicar seu aliado como novo sucessor 05/01/2016 às 17:32
Show 1
Del Nero reassume comando da CBF.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

2016 inicia com manobras políticas no comando do futebol brasileiro. Licenciado há um mês da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero retornou ao cargo nesta segunda-feira (4). No entanto, a estada no mandatário, que está sendo investigado pela Justiça dos Estados Unidos, deve ser curta. Del Nero deve indicar o Coronel Nunes como sucessor e se afastar novamente.

Del Nero não dava as caras na sede da CBF desde o dia 3 de dezembro, quando foi indiciado pela Justiça norte-americana por formação de quadrilha e participação em esquemas de propina, que envolviam transmissões de campeonatos organizados pela entidade.

O presidente voltou a dar expediente na sede da entidade e confirmou a saída do interino Marcus Vicente, que estava ocupado a vaga, no final da tarde desta terça-feira (5).

No entanto, o retorno de Del Nero deve ser breve. Em manobra já prevista, Marco Polo pedirá nova licença e indicará Antônio Carlos Nunes, o Coronel Nunes, como seu novo substituto.

A manobra se deu porque Del Nero teme ser punido pela Fifa ainda neste mês de janeiro. Com as mudanças atuais, o mandatário garante a linha sucessória no comando da CBF. No caso, o Coronel Nunes. Caso fosse suspenso com Marcus Vicente no poder, poderia ficar "distante" das decisões da presidência.

"Venho a público dar uma satisfação, cumpri minha função como interino da CBF. Estava combinado que eu ficaria até hoje. Cumpri minha missão e estou aqui para dar uma satisfação. Vou dar continuidade ao meu mandato como deputado federal", disse Marcus Vicente em vídeo divulgado pela CBF.



Publicidade
Publicidade