Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
Até que enfim!

Pato estreia pelo Chelsea marcando gol na goleada dos Blues sobre o Aston Villa

O jogador entrou aos 22 minutos do primeiro tempo e mostrou que tem estrela ao marcar um gol e dar duas assistências



apato.jpeg O brasileiro deu duas assistências e deixou o seu gol neste sábado (Foto: Reprodução/Twitter Chelsea)
02/04/2016 às 15:02

Dois meses após chegar a Londres, finalmente Alexandre  Pato estreou pelo Chelsea e o brasileiro aproveitou a chance dada pelo técnico, Guus Hiddink. O jogador marcou um gol e participou de outros dois na vitória por 4 a 0 dos Blues sobre o Aston Villa, no Campeonato Inglês. Com a goleada, o Chelsea chegou à 10° colocação, com 44 pontos, enquando o Aston Villa continua na lanterna.

Pato entrou no jogo aos 22 minutos do primeiro tempo. Logo após a entrada do jogador, Loftus-Cheek abriu o placar para os blues, aos 25 minutos. A estrela do brasileiro começou a brilhar aos 46 minutos após sofrer pênalti. Ele mesmo bateu e ampliou a vantagem do Chelsea.



Na segunda etapa, Pato arrancou pela intermediária, tabelou com Oscar, que apenas rolou a bola para Pedro marcar o terceiro gol. O atacante também participou do quarto gol do Chelsea após receber a bola de Oscar na entrada da área. Ele arriscou, mas o goleiro do Aston Villa espalmou, na sobra, Pedro deu números finais ao jogo.

A atuação do brasileiro foi elogiada pelo técnico do Chelsea após o jogo.

“Foi bom vê-lo entrar. É claro que a expectativa era para ele ter jogado antes, mas tivemos que dar para ele uma pré-temporada. Não foi o jogo mais difícil, mas estamos felizes de vê-lo jogar e observar como ele lida com as coisas. Os jogadores o vêem sofrendo ao treinar com o time principal e trabalhando em tempo extra, então estão felizes, pois reconhecem sua situação. Foi um alívio ver ele fazendo o primeiro gol”, comemorou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.