Publicidade
Esportes
JOGÃO

Paysandu aproveita as chances que tem e elimina o Manaus FC da Copa Verde

O Papão da Curuzu venceu o Gavião do Norte por 2 a 1 em jogo na Arena da Amazônia. O Papão agora espera o adversário da decisão, que sai da outra semifinal entre Atlético-ES e Luverdense- MT, que acontece nesta quinta-feira (12), no Espírito Santo 11/04/2018 às 22:39
Show pap o
Fotos: Euzivaldo Queiroz
Denir Simplício Manaus (AM)

Em noite em que a “bola puniu”, o Manaus FC perdeu por 2 a 1 para o Paysandu, nesta quarta-feira (11), e deu adeus à Copa Verde 2018. O Papão da Curuzu aproveitou as duas únicas chances que teve em todo o jogo e, diante da Arena da Amazônia com grande público, se credenciou à decisão do torneio regional.

Com gols de Cassiano, no início da partida, e Magno, no último lance do jogo - Rossini diminuiu para o Gavião - o time paraense chegou a segunda vitoria no duelo com o Manaus FC. O Papão agora espera o adversário da decisão, que sai da outra semifinal entre Atlético-ES e Luverdense- MT, que acontece nesta quinta-feira (12), no Espírito Santo.

O jogo

Depois de perder a partida de ida das semifinais, em Belém, somente a vitoria interessava ao Manaus FC, e foi com esse espírito que o Gavião partiu pra cima do Papão nos minutos iniciais de jogo. Aos 4 minutos a primeira blitz do time amazonense terminou com a finalização de Negueba que explodiu na zaga paraense.

O Manaus FC tinha mais posse de bola e tomava as ações do jogo até os 14 minutos quando o Paysandu teve a primeira chance em bola parada. Após escanteio desviado por Paulão, Pedro Carmona pega a sobra e chuta, a bola resvala na defesa do Gavião e cai livre para Cassiano fuzilar e fazer 1 a 0 pro Paysandu.

Com o gol, a vantagem do Paysandu aumentou e o time dirigido por Dado Cavalcante “sentou no resultado”. Mas aos 31 minutos, o zagueiro Deurick arriscou avanço pela esquerda e cruzou a bola na área do Papão. O lance passa por Nena e sobra livre pra Rossini dominar e empatar a partida. Manaus FC 1 x 1 Paysandu. Festa amazonense nas arquibancadas da Arena calando a torcida paraense, que ajudou a lotar o anel inferior do estádio.

O empate empolgou o Gavião que se lançou pra cima do Papão. Aos 41min, Cleitinho cobra falta pela esquerda e Derlan cabeceou livre nas mãos de Renan Rocha. Logo em seguida, Negueba bate falta violenta da intermediária obrigando o goleiro do Paysandu a fazer outra grande defesa antes do final da primeira etapa.

Gente chegando

O segundo tempo inicia com torcedores do Manaus FC ainda entrando no estádio. O grande público que compareceu à Arena parece ter surpreendido até os organizadores da partida. Precisando de dois gols pra ir à decisão da Copa Verde, o Gavião foi pra cima. E aos 4 minutos, Renan Rocha salvou o que seria o segundo gol do Manaus depois de cobrança de falta de Negueba.

No lance seguinte, Cleitinho é lançado na grande área e toca na saída do arqueiro do Papão, mas a bola passa rente ao poste.

O tempo passa rápido pro Manaus FC que tenta de todas as formas virar o jogo. Aos 33min, Negueba volta a assustar a defesa do Papão. O lateral esquerdo do Gavião cobrou falta direto pro gol forçando Renan Rocha a salvar o Papão.

Depois disso o Manaus FC não se achou mais em campo. Pior, aos 48 minutos, Derlan foi expulso e deixou as chances de classificação ainda mais remotas pro representante amazonense. O castigo maior veio antes do apito final, quando Magno recebeu no campo de defesa e avançou até fazer o segundo gol do Papão carimbando a vaga à final da Copa Verde pro time do Pará.

Publicidade
Publicidade