Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
Craque

Pediu pra sair: após prisão, paraguaio renuncia e deixa comando da Conmebol

Angel Napout foi preso pelo envolvimento nos escândalos de corrupção que assolam a Fifa. O dirigente concordou em ser extraditado para os Estados Unidos 



1.jpg Angel Napout renunciou à presidência da Conmebol após prisão em Zurique, na Suíça.
12/12/2015 às 20:51

Juan Angel Napout, vice-presidente da Fifa, renunciou à presidência da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), informou a entidade em um comunicado na esteira de sua prisão, relacionada às investigações de corrupção no organismo que administra o futebol mundial.



O paraguaio de 57 anos foi preso em Zurique, sede da Fifa, na semana passada em cumprimento a um mandado de prisão dos Estados Unidos, acusado de receber subornos de milhões de dólares ligados à venda de direitos de marketing de torneios de futebol na América Latina.

Napout foi banido de todas as atividades relacionadas à modalidade.

"Com a renúncia do senhor Juan Angel Napout da presidência, o congresso foi convocado para a eleição dos dirigentes (presidente e vice-presidente) em 26 de janeiro de 2016", declarou a Conmebol em um comunicado veiculado pela imprensa.

Wilmar Valdez, chefe da federação de futebol do Uruguai, irá assumir o comando da Conmebol em caráter interino até janeiro.

Napout concordou em ser extraditado aos Estados Unidos.






Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.