Publicidade
Esportes
Craque

Pediu pra sair: Bill não aguentou a pressão e deixa o Botafogo

Artilheiro do Glorioso na temporada alegou problemas pessoais e pediu rescisão de contrato. A diretoria alvinegra aceitou o pedido do jogador, que vinha sido constantemente criticado pela torcida 29/06/2015 às 15:53
Show 1
Bill pediu pra deixar o Botafogo por causa de problemas particulares.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Rosimar Amancio, o Bill não é mais jogador do Botafogo. O atacante, que é o goleador maior do Alvinegro no ano, com 11 gols, pediu pra deixar o General Severiano na manhã desta segunda-feira (29), afirmando ter problemas particulares. A direção do clube da Estrela Solitária acatou o pedido prontamente e a rescisão contratual deve ser assinada o mais rápido possível. O jogador vinha sofrendo com a perseguição da torcida nos últimos jogos.

Além das más atuações com a camisa do Botafogo, o que vinha tirando o sono de Bill eram as constantes notícias envolvendo problemas com sua ex-mulher. Na semana passada Sabrina de Oliveira, ex-esposa do atacante, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) alegando que o jogador a ameaçou de morte.

Em outra ocasião, a Justiça chegou a ameaçar Bill de prisão pelo não pagamento da pensão alimentícia. Na goleada sofrida pelo Botafogo no último sábado por 4 a 2 para o Macaé, o jogador voltou a ser hostilizado pela torcida do Fogão. Em resposta aos insultos, Bill fez gestos obscenos aos torcedores.

Segundo Carlos Eduardo Pereira, presidente do Glorioso, Bill recebeu proposta de um clube do exterior e aproveitaria a distância para esquecer um pouco dos problemas no Brasil. Aos 30 anos, Bill chegou ao Botafogo estipulando marcar 30 gols na temporada, mas estava colecionando péssimas atuações com o Botafogo na Série B.       


Publicidade
Publicidade