Publicidade
Esportes
Atletismo

Pedro Henrique conquista ouro no atletismo, no Campeonato Sul-Americano Sub-18

O parintinense retornou da Argentina com mais uma medalha para a coleção e uma nova marca alcançada no lançamento de dardo 17/11/2016 às 14:10
Show unnamed  3
O foco agora é evoluir de categoria e seguir treinando para as futuras competições (Foto: Divulgação)
acritica.com

Um dardo lançado para a glória. O parintinense Pedro Henrique voltou de Concórdia, na Argentina, com mais uma medalha para a coleção. Isso porque o atleta, que treina na Vila Olímpica de Manaus, conquistou ouro no Campeonato Sul-Americano Sub-18, realizado nos dias 12 e 13 de novembro. Além da “dourada”, o jovem retornou com uma nova marca alcançada no lançamento de dardo.

“A competição foi muito boa, conquistei a meta que eu queria, e estabeleci uma boa marca de 77,30m, que nem eu esperava alcançar. Quebrei a marca do campeonato e fui o primeiro medalhista brasileiro nas competições. Estou muito feliz com essa conquista, eu e todos os meus amigos e família”, disse Pedro.

De acordo com o atleta, o foco agora é evoluir de categoria e seguir treinando para as futuras competições. “Vou sentar com minha treinadora, Margaret Bahia, para conversar sobre os próximos campeonatos de 2017, e irei começar a trabalhar para as novas competições que vem pela frente, pois vou subir de categoria, e para isso já venho treinando todos os dias”, comentou Pedro Henrique, em seu habitat natural: a pista da Vila Olímpica de Manaus.

O atleta

Pedro Henrique iniciou no esporte aos 17 anos, devido um exemplo de dentro de casa. Isso porque, o atleta é sobrinho de Jander Cardoso, lançador de referência do Amazonas. Revelado nos Jogos Escolares do Amazonas (Jeas), o atleta nasceu em Parintins (325 quilômetros de Manaus) e mora atualmente na Vila Olímpica, onde recebe treinamento diário.

“Comecei no esporte através do meu tio, Jander Cardoso, que faz a mesma modalidade. Vi algumas viagens dele e campeonatos que ele fazia fora e coloquei na minha cabeça que iria fazer atletismo. Fui testando para ver em qual modalidade eu me encaixava e fiz prova de velocidade, salto, arremesso e parei no lançamento de dardo”, relatou o jovem, que recebeu impulso dos pódios nos primeiros campeonatos para continuar no esporte.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade