Sábado, 16 de Novembro de 2019
Série D 2019

Série D: Fast e Barcelona-RO se enfrentam na noite deste sábado (25) na Colina

Meia-atacante Willian Sarôa faz a última partida pelo Rolo Compressor, e também tem a estreia de Raílson



Willian_Sar_a_Fast_98B533B2-7E9D-436D-81A0-7A10152B162F.jpg Foto: Antônio Lima
25/05/2019 às 14:21

Entre chegadas e saídas no elenco, o Fast Clube reencontra, na noite de hoje (25), o Barcelona-RO pela quarta rodada do grupo A01 da série D 2019, no estádio Ismael Benigno, a “Colina”, na Zona Oeste de Manaus.

No duelo diante do time rondoniense, o Tricolor de Aço se despede do experiente meia-atacante Willian Sarôa que vai para o futebol tailandês, mas em contrapartida vai contar com a estreia de Raílson, após saída de Ramon no meio da semana.  Tiago Amazonense foi contratado para substituí-lo, mas ainda não foi regularizado e não será relacionado para a partida.



No último treino antes da partida realizado na tarde de ontem (24), no palco do jogo, o treinador Aderbal Lana comentou as mudanças no grupo do Tricolor de Aço.

“Nós estamos ainda procurando uma equipe ideal. O Sarôa vai embora agora, mas contratamos o Thiago Amazonense que ainda não vai jogar essa partida, mas acho que nós não vamos perder qualidade. Temos o Raílson, que vai jogar. Então a equipe vai melhorando pelo lado técnico”, declarou Lana.

Na segunda colocação da chave, o técnico do Rolo Compressor valorizou os dois empates fora de casa, e acredita na classificação à próxima fase em solo baré.

“Quando saímos daqui de Manaus fomos em busca de pelo menos um ponto e nós trouxemos dois. Então estamos  jogando com a classificação sendo buscada aqui dentro de casa. E também temos a condição de até mesmo brigar pela liderança do grupo, mas vai ser passo a passo e vamos nos preocupar primeiro com o jogo do Barcelona (Rondônia)”, comentou o treinador.

Lana pontuou alguns fatores positivos para sequência da equipe na competição – que agora fará dois jogos em casa – e até relembrou um dos períodos áureos do futebol amazonense confiante na evolução do trabalho com o grupo fastiano.

“Se a diretoria do Fast segurar essa equipe e fizer outra contratação pontual pra dar uma sequência, vai ter uma grande equipe no futuro, e primeiro que o fator primordial porque tem aqui cinco ou seis jogadores de fora do Estado, e o resto são amazonenses, e são jogadores que põem o coração na frente daquilo que ele quer fazer. Não que os de fora não façam, mas, com um bom percentual de atletas amazonenses, acredito que o Fast pode vir a ser aquilo que eu vi no São Raimundo 20 anos atrás”, finalizou o técnico do Tricolor de Aço, Aderbal Lana.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.