Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
EMPATE SEM GOLS

Pela Série D, Fast pressiona, mas fica no 0 a 0 com o Rio Branco-AC

Na Colina, o Rolo Compressor atacou insistentemente, mas linha de defesa do Estrelão e boa atuação do goleiro Bruno, ex-Flamengo, impediram as redes de balançar



b49c00a4-3017-4d36-9251-6f664b0a8d3f_36CEFF7D-A17C-431A-A3F3-260649B30644.jpg Foto: Maria Luiza Dacio
26/09/2020 às 20:40

No estádio Ismael Benigno - a Colina - , Fast Clube e Rio Branco-AC empataram em 0 a 0, pela segunda rodada do Brasileirão - Série D, na tarde deste sábado (26). O Tricolor de Aço pressionou bastante o Estrelão, principalmente no segundo tempo, mas o gol não saiu.

Com o resultado, ambas as equipes seguem invictas no torneio, dividindo a liderança do Grupo A1 com 4 pontos. O próximo jogo do Fast Clube acontece na quarta-feira (30), fora de casa, diante do Bragantino-PA.



O jogo

Nós primeiros minutos, a proposta de jogo de ambas as equipes ficou clara em campo, com o Fast querendo abrir o placar apostando em jogadas pelos lados do campo e o Rio Branco se posicionando no campo de defesa, explorando os contra-ataques.

A chance mais clara de gol veio aos 45 minutos. Emerson Bacas tocou para Ítalo na grande área, o camisa 11 acabou errando o chute, mas a bola se ofereceu para Dênis Pedra, que mandou pelo lado esquerdo da meta do goleiro Bruno.

No segundo tempo, o que era pressão se transformou em um verdadeiro bombardeio, com várias bolas sendo lançadas para a área do Rio Branco. Geraldo, Bernardo Benjamin - ambos duas vezes - e Negueba testaram buscando o gol do Estrelão, mas as bolas iam para fora ou paravam no arqueiro do clube acreano.

Até mesmo o zagueiro Benedito, do Rio Branco, quase marcou contra. Mas nem mesmo os sete minutos de acréscimos foram tempo suficiente para o Tricolor de Aço sair com a vitória, com o jogo terminando em 0 a 0.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.