Domingo, 13 de Outubro de 2019
Craque

Peladão Brahma: Independente Master e AJ Master vão disputar o título da categoria Master

A data da decisão, que contará com duas equipes que começaram o torneio desacreditadas, ainda não foi definida.



1.jpg Independente Máster e AJ Máster vão disputar o título do Peladão Máster
06/02/2015 às 11:25

O duelo final do Peladão Master, ainda por definir data, reúne em campo equipes que iniciaram a competição desacreditadas e que, por isso, no início do torneio, tiveram até dificuldade para forma seus elencos.

Cansados de torcerem e se dedicarem a times de fora do bairro da Cidade Nova, os irmãos Jéfferson e Bentes resolveram montar a própria equipe e inscrever no Peladão.

Formado apenas por jogadores do bairro e sem estrelas, o Independente Master Cidade Nova, ao estilo mineirinho, foi “comendo calado” e “pelas beiradas”. Quando os adversários atentaram, a equipe já tava na final.

“O que nos motivou a colocar o time no campeonato foi mostrar para a Cidade Nova que ela tem condições de ter times que possam chegar à final de campeonatos como o Peladão. Todos nossos jogadores moram no bairro”, afirma Bentes.

Jéfferson diz lamentar que muitos jogadores moradores do bairro tenham preferido outras equipes a defender um time da Cidade Nova. “Tem jogador da Cidade Nova que prefere sair de lá para jogar em outros times com nome e deixa de prestigiar a Cidade Nova. A gente quis mostrar que é possível chegar à final com jogadores do bairro”, comenta Jéfferson.

A história do AJ Master também não é muito diferente da do adversário. Sem muitos recursos, mas com bons amigos, Eduardo Alves montou uma equipe que, aparentemente, não tinha pinta de chegar tão longe.

Atletas do clube, no final do jogo que garantiu a vaga na final, até desabafaram lembrando que muitos jogadores se negaram a assinar com o time porque julgavam o AJ “fraco”.

O fato é que quando os jogos iniciaram e a bola rolou, o AJ foi derrubando os adversários e agora está na final do maior torneio de futebol amador do mundo.

“Sempre a gente colocar o time com o objetivo de chegar à final, nunca para brincar. Graças a Deus, ele iluminou e estamos aí”, diz Eduardo, dirigente do AJ e que já chegou a ser campeão quando montou uma equipe em parceria com a Feira da Banana (AJ/Feira da Banana), em 2011 e 2012. Sem parceiros, Eduardo encarou a tarefa de montar um time sozinho esse ano.

Para a dupla de zaga do AJ, Adelson dos Santos e Raimundo Dantas, a união e a humildade do grupo é responsável pela boa campanha do time. “Temos um elenco muito bom e humilde”, diz Raimundo. “Estamos retribuindo em campo a confiança que o Eduardo depositou na gente”, completa Adelson.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.