Publicidade
Esportes
Craque

Peladão: Flu de Presidente Figueiredo pegou a correnteza da vitória na competição

Estreante no maior campeonato de futebol amador do planeta, O Fluminense E.C. , já está entre as 60 melhores equipes da categoria principal da competição 02/01/2015 às 15:45
Show 1
Equipe do Fluminense de Presidente Figueiredo
Adan Garantizado Manaus

O município de Presidente Figueiredo (108 quilômetros de Manaus), atrai milhares de visitantes - principalmente aos finais de semana - por conta de suas diversas belezas naturais. Saiba mais

As ruas e balneários da localidade se transformam em um verdadeiro “ponto de encontro” de famílias, amigos e turistas, ávidos por um banho relaxante nas centenas de cachoeiras do município, ou por uma aventura nas trilhas, grutas e cavernas da região. A pequena distância para a capital, a ligação por estrada (BR 174) e as constantes festas (como a do cupuaçu, realizada no mês de junho) tornam Figueiredo ainda mais “convidativa” para um passeio.

O esporte também está bastante presente no cotidiano dos moradores e visitantes de Presidente Figueiredo. Uma equipe de lá, inclusive, está disposta a fazer história no Peladão Brahma 2014. Estreante no maior campeonato de futebol amador do planeta, O Fluminense E.C. Figueiredo, já está entre as 60 melhores equipes da categoria principal da competição. E segue derrubando seus adversários em um ritmo tão intenso quanto o das corredeiras do Urubuí ou das Cachoeiras de Iracema (alguns dos principais pontos turísticos do município). A base da equipe já atua junto há pelo menos dois anos. Recentemente, o Fluminense conquistou o título do campeonato municipal de Figueiredo. A competição terminou no começo deste mês e ainda “desfalcou” o Tricolor da terra das cachoeiras em algumas rodadas do Peladão Brahma.

“Teve fim de semana de o jogo do Peladão ser marcado no mesmo horário das partidas do campeonato de Presidente Figueiredo. Aí, era complicado. A gente dividia o elenco, mas geralmente o time que vinha para Manaus jogar o Peladão, atuava só com dez em campo. Mesmo assim, conseguimos fazer uma boa primeira fase. Em nosso primeiro jogo no perde-sai, contra o time do Unidos do Cidadão X, jogamos apenas com dez atletas. Mesmo assim, metemos 4 a 0 neles lá no campo do Betanhão”, relembrou o capitão do time, o volante Darlon Prado, 27.

Na manhã do último domingo, quando o Fluminense de Figueiredo venceu o Amigos do Régis, por 3 a 2 no campo do Cean (São Francisco), o time também estava desfalcado de dois atletas titulares e sem nenhum reserva.

“Dois dos nossos principais jogadores estão viajando. Mesmo assim, estamos conseguindo nos superar”, completou Darlon. Apesar de carregar o nome de Fluminense em homenagem ao Tricolor do Rio de Janeiro, nenhum dos jogadores que atua no time de Figueiredo torce para o “primo rico” carioca. “O nosso fundador é torcedor doente do Fluminense. Mas a maioria esmagadora do time torce pro Flamengo ou pro Vasco (risos). Tricolor mesmo só o de Figueiredo”, disse o volante Adriano Gomes, 17.



Publicidade
Publicidade