Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Penarol e Nacional fazem o "duelo de leões" em Itacoatiara

O Penarol tantará quebrar a série invicta do Nacional, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara. As duas equipes jogam a partida atrasada pela sexta rodada do Campeonato Amazonense


07/04/2015 às 21:44

Penarol e Nacional fazem às 16h desta quarta-feira (8) o “duelo de leões” no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (a 270 km de Manaus). Em partida atrasada da sexta rodada o Barezão, o Leão da Velha Serpa (Penarol) tentará tirar a invencibilidade do Leão da Vila Municipal (Nacional) que possui 100% de aproveitamento no Barezão.

O Nacional é líder do Estadual e o Penarol é o segundo colocado, mas a diferença entre os times é de sete pontos. Uma vitória do Nacional deixaria a equipe ainda mais isolada na liderança. Um triunfo do Penarol faria a equipe ficar na cola do Nacional. Por isso, só a vitória interessa para as duas equipes.

O Penarol, mandante da partida sabe que não terá uma jogo fácil pela frente, mas a equipe de Itacoatiara quer usar o fator casa como trunfo. E não é para menos, o Leão da Velha Serpa está invicto no Floro de Mendonça. Foram três vitórias e um empate dentro de casa. E o técnico Marquinhos Piter disse que jogar em casa é importrante, mas que além disso terá dentro de campo uma equipe qualificada e capaz de faturar os três pontos.

“A gente sabe jogar com responsabilidade. O Nacional é um time que tem camisa, é líder da competição, está invicto. Então tem que ter o respeito com certeza, mas jogamos dentro de casa com o apoio da torcida. Nós temos condições de fazer o nosso jogo e conseguir o objetivo que são os três pontos. Ainda mais que a tabela está embolada e a gente precisa do resultado positivo”, explicou.

“Normal, um jogo quarta feira, difícil. O Penarol fez um bom jogo frente ao Rio Negro, a gente está um pouquinho desgastado, mas vamos treinar antes de viajar e tentar mais uma vitória porque a gente está buscando a autoafirmação nos pontos corridos para depois não ter que correr atrás no final da competição”, disse.

Duelo de treinadores

O duelo desta quarta não será apenas dentro das quatro linhas. Na beira do gramado, Aderbal Lana e Marquinhos Piter tentarão montar a melhor estratégia para sair com a vitória. Mas para o técnico do Nacional, o mérito da vitória é do time e não do treinador.

“Eu acho que o treinador não ganha jogo. Treinador arma uma equipe e  a equipe tem que cumprir dentro de campo. Então quem ganha jogo é a equipe como um todo”, explicou.

Já Marquinhos Piter conta que já conhece Lana e até já venceu o Barezão de 2013 em cima de uma equipe treinada por ele.

“Nós estamos cientes que será um jogo difícil.  Sabemos que o Lana é um grande treinador, mas já ganhei  títulos em cima dele. Tem que respeitar. Ele é um grande treinador”.

Atenção e Sabedoria

Para tentar quebrar a série invicta do Naça, o técnico Marquinhos Piter estudou a equipe nacionalina e passou para os seus comandados que a tranquilidade é essencial para tentar vencer. De acordo com Tety, a obediência ao esquema tático é prioridade. O atacante do Penarol também disse que o “professor” pediu tranquilidade à equipe.

“A orientação que ele deu é que temos que ter atenção, paciência, tranquilidade e sabedoria para não ser surpreendido. Sabemos que o Nacional é o líder do campeonato. É um time de grandes jogadores, tem um treinador que conhece bem o nosso campeonato, mas nós estamos preparados para esse jogo”, explicou.

Do lado nacionalino, porém, também existe quem conheça o Penarol. Fininho, meia do Nacional, possui três passagens pelo Leão da Velha Serpa entre os anos de 2010 e 2012.

“Olha, é muito difícil. Eu já passei para os companheiros que jogar em Itacoatiara é muito difícil. No jogo, nós sabemos que será mais uma guerra, mas a gente vai preparado, respeitando o adversário que é muito forte dentro do seu domínio, mas tem tudo para vir de lá com o resultado positivo e ampliar cada vez mais essa vantagem”

 Ficha Técnica

Penarol: Robson, Celsinho, Alex, Piru, Rafael Oliveira, Felipe, Thompson, Célio, Kitó, Binho e Tety. Tc: Marquinhos Píter

Nacional: Rodrigo Ramos, Peter, Maurício, Andrezinho, Felipe, Robinho, Felipe Manoel, Fininho, Hyantony, Bruno Potiguar e Leonardo. Tc: Aderbal Lana

Estádio: Floro Mendonça Árbitro: Edmar Campos da Encarnação Horário: 16h00


publicidade
publicidade
Abrigo Moacyr Alves realiza no próximo final de semana a 10ª Feijoada Beneficente
Educador indígena da rede estadual lança livro sobre a vida Munduruku
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.