Publicidade
Esportes
Craque

Penarol quer manter 100% de aproveitamento em cima do Operário, em Itacoatiara

O Leão da Velha Serpa tentará a terceira vitória seguida no campeonato diante do Sapão na tarde desta quarta-feira (11). Já o Operário quer fugir da zona do rebaixamento do torneio 10/03/2015 às 22:40
Show 1
Penarol quer seguir 100% no Barezão diante do Operário, em Itacoatiara.
Denir Simplício Manaus (AM)

O duelo da tarde desta quarta-feira (11) entre Penarol e Operário, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, coloca frente a frente dois objetivos bem distintos das duas equipes. Enquanto o Leão da Velha Serpa lutará para  rugir alto no topo da tabela do Barezão 2015, o Sapão da Terra Preta tentará pular  para fora da zona de rebaixamento da competição.

Com vitórias magras, mas com a melhor defesa do torneio, o time de Marquinhos Piter ainda não atuou fora de casa e está aproveitando bem essa vantagem. Por outro lado, a equipe de Carlos Tozzi não sabe o que jogar diante de sua torcida faz tempo. Mesmo jogando um futebol surpreendente para os padrões financeiros do clube, o Operário amarga a penúltima posição no campeonato, acima apenas do Rio Negro. 

O empate com o rival Princesa e a apertada derrota frente ao Nacional deram provas de que o “primo pobre” de Manacapuru poderá alçar pulos mais altos no torneio. O revés diante do Tufão, pela terceira rodada, expôs a falta de concentração da equipe em momentos cruciais do jogo. Na opinião de Carlos Tozzi é uma questão de tempo para sua equipe engrenar e sair da parte de baixo da tabela.

Em contapartida, o time de Itacoatiara (distante 176 quilômetros da capital) quer continuar 100% no Barezão e para isso “time que está ganhando não se mexe”. O dito popular é batido mas é o que pensa o comandante Marquinhos Piter. A única mudança confirmada é a saída de Maceió, que passou por cirurgia no rosto.

O zagueiro sofreu a lesão na vitória sobre o Borbense na última rodada e ficará de molho por pelo menos 60 dias. Com o apoio incondicional da torcida penarolense, o time da terra da Pedra Pintada quer repetir 2010 e 2011, onde abocanhou o bicampeonato, e segue no caminho certo.  

Publicidade
Publicidade