Publicidade
Esportes
Craque

Pode piorar: por chamar árbitro de ‘fanfarrão’, 'talismã' do Vasco pode ser suspenso pelo STJD

Promotoria do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva vai denunciar o atacante Rafael Silva por ofensas ao juiz da partida contra o Atlético-MG. Jogador, que é xodó da torcida vascaína, pode pegar “gancho” de até seis partidas 08/09/2015 às 13:42
Show 1
Rafael Silva pode levar "gancho" do STJD por ofensas à arbitragem contra o Galo.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A vida não anda nada fácil para o Vasco da Gama. Na lanterna do Brasileirão, com apenas 13 pontos em 23 jogos, o Cruzmaltino ainda pode perder uma de suas opções para o ataque. Trata-se de Rafael Silva, o atacante será denunciado ainda esta semana no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ofensas ao árbitro Elmo Alves Resende e pode ser punido por até seis partidas de suspensão.

Rafael Silva foi expulso por Elmo Resende na partida em que o Vasco foi derrotado pelo Atlético-MG, por 2 a 1, no Maracanã, na última rodada do Brasileirão. Na ocasião, o atacante vascaíno desferiu xingamentos ao árbitro que anotou todas as declarações do jogador na súmula da partida.

“Expulsei do campo de jogo o atleta Srº Rafael da Silva Souza, nº 19, da equipe do Vasco, por ter de forma ostensiva e ofensiva me ofendido dizendo as seguintes palavras "você é um fanfarrão! Tá de sacanagem! Apitando só para eles". Lance este ocorrido após a marcação de uma falta a favor da equipe adversária. Informo que o atleta em pauta já havia sido advertido com um cartão amarelo em jogada anterior por calçar seu adversário de maneira temerária. Informo ainda que após a expulsão o atleta veio em minha direção e disse, novamente em tom ostensivo e ofensivo as seguintes palavras: "seu filho da p..., ladrão tá roubando desde o começo", continuando fez gestos com as mão, uma aberta e a outra com o polegar no meio, em direção à torcida mostrando que o árbitro estava roubando, sendo necessário ser contido pelos seus companheiros de equipe para retirar-se do campo de jogo. Ao deixar o campo de jogo saiu protestando e chutou o microfone que encontrava-se em frente ao banco de reservas de sua equipe”, relatou o árbitro na súmula.


A Promotoria do STJD deve apresentar denúncia contra o atacante do Vasco ainda esta semana. O time de São Januário está a nove jogos sem vencer e nesta quarta-feira (9), volta a campo para encarar a Ponte Preta, às 18h30 (hora Manaus), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas – partida em que Rafael Silva cumpre suspensão automática.

Rafael Silva é tido como um talismã pelos torcedores cruzmaltinos. Foi dele o gol que classificou o Vasco contra o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil.   


Publicidade
Publicidade