Publicidade
Esportes
Craque

Ponta Negra recebe 1ª edição da Corrida Contra o Preconceito neste domingo (30)

Prova promovida pela Semsa visa vencer o preconceito contra pessoas portadoras do vírus HIV. Com mais de 1,2 mil atletas inscritos, a competição faz parte das comemorações ao Dia Mundial de Combate à Aids 26/11/2014 às 16:25
Show 1
Corrida visa prevenir e alertar contra a Aids
ACRÍTICA.COM Manaus (AM)

Uma corrida contra a discriminação e pela saúde promete agitar o Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, no próximo domingo (30). O local será palco da 1ª edição da Corrida Contra o Preconceito. A prova é organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e faz parte das ações em torno do Dia Mundial de Combate à Aids. O evento tem como prioridade a luta contra o preconceito aos portadores do vírus HIV.

Com mais de 1,2 mil atletas inscritos, os organizadores da prova também visam esclarecer dúvidas quanto aos riscos de contrair uma das doenças que mais mata no mundo. O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que a corrida é uma forma de marcar o Dia Mundial de Combate à Aids, comemorado no dia 1º de dezembro.

“Além de promover o combate ao preconceito, o evento esportivo tem como meta incentivar o diagnóstico precoce da doença e estimular a adoção de hábitos saudáveis, especialmente por pessoas que vivem com HIV”, destacou o secretário.

Kits

A entrega dos kits, compostos por camisa, número de identificação, boné, chip retornável, folder e mapa geral do percurso e instalações, ocorrerá no período de 27 a 28 de novembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h. No dia 29 de novembro, o horário de entrega será das 9h às 12h, na Fundação Vila Olímpica (FVO), localizada na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Os organizadores da prova alertam que será necessária, no momento da retirada dos kits, a apresentação de documento original com foto. Além da entrega de dois quilos de alimentos não perecíveis (exceto sal e açúcar). Os alimentos arrecadados serão, posteriormente, doados às pessoas de baixa renda que possuem o vírus HIV.

Percurso

Aproximadamente 1,2 mil inscritos, de ambos os sexos, incluindo pessoas com deficiência, terão como desafio um percurso de 4 km, com largada e chegada no Anfiteatro da Ponta Negra. A concentração está marcada para as 15h, com previsão de início da prova às 17h. Todos os competidores que concluírem a prova receberão medalhas de participação..

Elvys Damasceno, titular da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), ressaltou a importância do evento. “Mais uma vez a Semjel apóia um evento de grande importância para a nossa cidade. Estamos animados em fazer parte dessa luta contra o preconceito às pessoas portadoras do HIV. Para vivermos em sociedade é necessário respeitar as diferenças”.

Publicidade
Publicidade