Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
FUTEBOL

Por 5 a 2, Penarol derrota São Raimundo pelo returno do Campeonato Amazonense

Com o resultado, Penarol chegou aos 11 pontos e ocupa provisoriamente a quinta colocação e deixa mais difícil a situação do Tufão. Dois times tem partidas programadas para a próxima semana



penarol.jpg A partida teve duas viradas, mas no fim, o Penarol saiu vencedor (Foto: Euzivaldo Queiroz)
22/04/2017 às 17:19

Em noventa minutos a história de um jogo pode mudar várias vezes e se teve uma partida em que aconteceu isso, foi São Raimundo e Penarol. O time de Itacoatiara saiu vitorioso: 5 a 2, gols de Marajó (2), Clóvis e um de Alex. Greg e Gustavo descontaram para o Tufão, que chegou a sonhar com a primeira vitória no campeonato por um momento da partida.  

Com o resultado, o Penarol chega aos 12 pontos e ocupa a quinta colocação e deixa mais difícil a situação do Tufão, que segue sem vencer com um ponto ganho. Na próxima rodada, o São Raimundo joga contra o Holanda, no estádio da Colina, às 21h. O Penarol enfrenta o Manaus às 19h de quarta no mesmo estádio.



O Jogo

São Raimundo entrou em campo propondo jogo e tinha mais posse de bola no início da partida, mas o domínio não significou ameaça ao goleiro do Penarol, Paulo. Do outro lado, o Leão da Velha Serpa aproveitava jogadas rápidas no contra ataque. A primeira aos oito minutos quando Clóvis cruzou para Rodrigo Marajó. O camisa 9 cabeceou, mas a bola passou por cima do gol.  A partir daí, equilíbrio e disputas de bola no meio campo. O São Raimundo tentava atacar, mas era bloqueado pela defesa penarolense e em um desses bloqueios, o time se Itacoatiara partiu no contra ataque que terminou com o gol de Marajó, que chutou cruzado em direção ao gol de Julião aos 20 minutos do primeiro tempo.

Com a vantagem no placar, o Penarol passou a dominar a partida e teve a chance de aumentar mais uma vez com Marajó aos 31 minutos após receber de Edicleber, mas desta vez o jogador desperdiçou. Léo Silva também perdeu a chance de aumentar o marcador após passar por três jogadores e chutar na entrada da área, mas desta vez Julião defendeu.     

Quando parecia que vinha um atropelo do Penarol assim como no duelo entre os dois times no primeiro turno, uma bola parada mudou os rumos da partida. Aos 34 minutos, Marquinhos saiu jogando pela esquerda, foi até a linha de fundo e cruzou na área. A zaga afastou. Na cobrança do escanteio, Gilmar mandou para a área e Greg, no segundo pau, aproveitou a falha do goleiro e cabeceou para empatar. São Raimundo 1 a 1, terceiro gol da equipe no Barezão.                  

O tento animou a equipe alviceleste. Marquinho, aos 38 recebeu de Gilmar e a bola passou ao lado do gol a virada do São Raimundo. Dois minutos depois Gilmar chutou de fora da área, o goleiro rebateu a bola, na sobra, Júlio César chutou, mas a zaga do Penarol tirou em cima da linha.

Na segunda etapa, o São Raimundo conseguiu chegar próximo ao gol do Penarol logo no primeiro minuto de jogo, mas a bola foi pela linha de fundo. O São Raimundo tentou novamente chegar ao ataque, mas Marquinhos foi derrubado na área por Preto Marabá. Pênalti. Gustavo converteu a cobrança virando a partida para o Tufão.

Mas a alegria durou pouco porque aos três minutos de jogo, Edicleber enfiou a bola para Clóvis chegar fuzilando e deixar tudo igual mais uma vez. E a virada não demorou a vir. Aos sete minutos, bola lançada da área do São Raimundo, a zaga bobeou e Marajó, sozinho, colocou o Penarol à frente do placar de novo. Na comemoração, sarrada no ar do atacante que chegou aos oito gols e se isolou na artilharia do Barezão.

O Penarol passou a pressionar o São Raimundo que ficou todo recuado no seu campo de defesa. A situação parecia que ia mudar aos 28 quando Carlinhos recebeu o segundo cartão amarelo e em seguida o vermelho após confusão na área. O São Raimundo ainda teve Darlan, o goleiro reserva expulso quando ele empurrou um jogador do Penarol, que discutia com o técnico Eduardo Clara.

A desvantagem numérica parecia que não fazia diferença para o Leão da Velha Serpa que teve Marajó chutando a queima roupa aos 33 para bela defesa de Julião. Dois minutos depois saía o quarto gol do Penarol após cruzamento de Edicleber na medida para a cabeça de Alex. Penarol 5 a 2. O Tufão ainda tentou pressionar no fim da partida, mas as chances não foram convertidas e a vitória do time de Itacoatiara foi assegurada. Aos 47 o Penarol ainda fez o quinto com Edicleber após passe de Ronni.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.