Domingo, 01 de Agosto de 2021
Em busca da vitória

Precisando da vitória para ser campeão, Luizinho Lopes afirma: ‘Favoritismo passou pra eles’

Qualquer triunfo e o Manaus leva o quarto título de Barezão da sua história; um empate garante a oitava conquista de Estadual do Tufão da Colina



f147d998-a383-40d1-8e73-6ded4fb92faf_1932757D-1CF6-4357-9B44-E8852DB1D4FC.jpg Foto: Iago Albuquerque
22/05/2021 às 10:07

“Estamos analisando, iremos definir no último treinamento”, esta foi a resposta dada por um Luizinho Lopes, com poucas palavras, quando perguntado sobre a possibilidade de ‘certas peças’ ganharem chance no time titular contra o São Raimundo, na tarde deste sábado (22), pelo jogo de volta da decisão do Barezão. Por outro lado, o pragmatismo nas declarações não é uma exclusividade do treinador esmeraldino. Ainda mais quando a resposta em questão coloca em jogo a escalação do seu time principal, antes da partida mais importante do campeonato.

Após ser derrotado no jogo de ida e sabendo que só a vitória lhe garantirá a taça, também é importante destacar que a conquista valerá a paz para a comissão técnica trabalhar até o início da Série C. Em suas palavras, Luizinho deixa nas ‘entrelinhas’ que a última coisa que a equipe precisa é mais pressão. A vitória do adversário, na partida de ida, até motivou o treinador a responder quando perguntado sobre favoritismo, dizendo que este ‘peso’ agora se encontra todo do lado azul e branco da história.

“O favoritismo passou pra eles, até porque eles estão com uma vantagem de jogar pelo empate. A gente entrará com os pés no chão para que desta vez possamos terminar com os 11, para aí na igualdade, a gente faça valer a nossa força, tradição que o Manaus vem tendo nos últimos campeonatos, para que possamos conquistar nossos objetivos”, declarou o treinador do Gavião.

Quando perguntado sobre a possibilidade de se tornar o quarto treinador da história do Manaus a conquistar o Barezão, tendo como antecessores Aderbal Lana (vencedor em 2017), Igor Cearense (em 2018) e Welington Fajardo (no ano de 2019), o treinador esmeraldino diz que esse objetivo foi uma das motivações que o fez voltar ao Manaus e afirma.

“Responsabilidade boa, conquista, realização de um sonho. Vim buscar o que eu desejei aqui em Manaus. Nós viemos com esse objetivo bem claro, a gente sonha muito com isso. Esperamos ter a lucidez necessária para que possamos cravar essa conquista e entrar para a história do clube”, concluiu.

Provável escalação

Jogando no já conhecido 4-3-3, o técnico Luizinho Lopes deve colocar como substituto de Thiago Spice - expulso no início da partida de ida – o veterano Márcio Passos, de 36 anos, que se for escolhido, irá para o seu 11º jogo no Barezão 2021, sendo este o quarto como titular. No mais, o Gavião do Norte deve ir à campo com: Gleibson; Edvan, Luis Fernando, Márcio Passos e Assis; Vinicius Barba, Gabriel Davis e Anderson Paraíba (Erivelton); Philip, Diego Rosa e Vanilson.

Transmissão e Arbitragem

A grande final do Barezão terá transmissão ao vivo da TV A Crítica. A partida que iniciará às 16h05, terá o árbitro Ivan da Silva Guimarães Júnior como dono do apito. Ele terá como assistentes Anne Kesy Gomes de Sá e Hugo Agostinho Chaves da Paixão. O quarto e quinto árbitro, respectivamente, serão Elivane Trindade da Costa e Alini Miranda Gil.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.