Publicidade
Esportes
Craque

‘Presente de grego?’: Jorginho assume o Vasco da Gama no dia que completa 51 anos

Novo treinador do Cruzmaltino faz aniversário hoje (17) e disse ser o melhor presente ao assumir o comando do time. Ele tem a difícil missão de evitar o terceiro rebaixamento do clube 17/08/2015 às 12:51
Show 1
Jorginho assume o Vasco no dia de seu aniversário de 51 anos.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O Vasco já novo treinador para o restante da temporada. Jorginho foi apresentado na manhã desta segunda-feira (17) em meio a elogios ao presidente Eurico Miranda e questionamentos sobre a situação desesperadora do Vasco da Gama no Campeonato Brasileiro. Com apenas 13 pontos, o Cruzmaltino terminou o primeiro turno do campeonato na lanterna da competição.

Jorginho era considerado a terceira opção para substituir o demitido Celso Roth. Antes dele foram cogitados os nomes de Oswaldo de Oliveira e PC Gusmão. O primeiro esbarrou numa dívida antiga com o clube e o segundo não foi liberado pelo Joinville.

Na coletiva, Jorginho, que faz aniversário nesta segunda, fez o discurso de todo técnico em dia de posse: “Em primeiro lugar digo que é uma grande alegria assumir o Vasco como treinador. Não poderia ter presente melhor do que esse. Me sinto honrado de retornar ao Vasco da Gama, clube que tive grande prazer e honra por construir grande história. Encaro o desafio com muita fé, acreditando que vamos sair dessa situação”, disse.

Eurico, melhor do mundo

O lateral do tetracampeonato com a Seleção não poupou elogios ao mandatário vascaíno Eurico Miranda. O ex-jogador disse ter uma relação de muito carinho com Eurico Miranda.


“Em 2013, na Copa das Confederações, tivemos um encontro. Eu e o presidente nos abraçamos, falamos o quanto existe uma admiração recíproca. Sem sombra de dúvidas, para mim, o presidente Eurico Miranda é um dos maiores dirigentes do futebol brasileiro. Senão do futebol mundial”, afirmou Jorginho.

Flamengo e Goiás pela frente

A estreia de Jorginho no comando do Vasco será uma prova de fogo para o técnico. O ex-lateral do Flamengo vai duelar com o Rubro-Negro pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na sequência, o novo treinador cruzmaltino enfrentará o Goiás, no Serra Dourada.

"Não tenha dúvida que são competições importantes. Teremos um grande rival (Flamengo) na quarta, sabemos da importância, só vejo uma pequena diferença para o Goiás porque agora temos um plantel, uma mescla de jogadores jovens, experientes e vencedores. Por isso creio que a qualidade que temos hoje nos permite trabalharmos em duas competições”, avaliou.

Parceiro do Tetra na comissão

Jorginho chegou ao Vasco e levou consigo um velho conhecido como auxiliar técnico. Trata-se de Zinho, mais um ex-flamenguista agora no Cruzmaltino.

“O Zinho é meu auxiliar. Um cara que teve dois anos como treinador e dois anos e meio como coordenador. Tem conhecimento de trabalho de campo e gestão de grupo. Juntamente trazemos o Joélton que é meu preparador físico. Só não me acompanhou quando eu estava na Ponte Preta e ele estava no nosso adversário", comentou o novo treinador do Vasco.

Publicidade
Publicidade