Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
Craque

Presidente do Fast Clube propõe criação de olimpíadas municipais para revelar talentos

Segundo o projeto, os professores da rede municipal de ensino serão orientados a descobrir novos talentos e, a partir dessas escolhas, os estudantes receberão informações sobre os benefícios de praticar um esporte



1.jpg
Presidente e verador de Manaus, Rosenha
16/01/2013 às 21:05

O presidente da Comissão de Esportes na Câmara  de Manaus, o vereador Ednailson Rozenha (PSDB) - que também é presidente do Fast Clube - irá protocolar o projeto de lei que inclui no calendário da rede pública de ensino municipal as “Olimpíadas Municipais”, como instrumento pedagógico de auxílio no combate à evasão escolar.

Dados da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de 2011 registraram uma média de 3,6% no índice anual de abandono escolar das unidades de educação do Ensino Fundamental. A Semed tem cerca de 260 mil estudantes. O percentual equivale a 9.360 alunos que deixaram de ir para a escola.

“Sabemos que muitas crianças e adolescentes perdem o interesse de ir à escola após viver problemas internos em casa que vão desde a falta de recursos financeiros na família ao envolvimento com a criminalidade. As Olimpíadas Municipais tentarão resgatar a motivação desses estudantes para ir à sala de aula e buscará também recuperar e manter a socialização deles com amigos através do esporte”, declarou o vereador.

No projeto do vereador Rozenha, a participação do estudante nas olimpíadas está condicionada à presença dele na sala de aula. A proposta prevê ainda que os professores de educação física promovam uma rede de captação de talentos motivando os estudantes a frequentar as escolas e dando a eles, a possibilidade de praticar uma modalidade esportiva.

Ainda segundo o projeto, os professores da rede municipal de ensino serão orientados a descobrir novos talentos e, a partir dessas escolhas, os estudantes receberão informações sobre os benefícios de praticar um esporte e representar sua escola nos jogos.

“Se ele for um aluno que frequenta regularmente a escola, poderá participar do projeto. Como é um programa de socialização escolar, acredito que será difícil os estudantes ficarem fora do evento”, completou o parlamentar.

Rozenha entende, contudo, que a proposta servirá como ferramenta de auxílio à evasão escolar e outras  medidas devem ser tomadas para resolver o problema.

“Acredito que a inclusão das olimpíadas é um grande passo para reduzir a ausência dos estudantes nas salas de aula. Os jovens dentro da prática do esporte irão ter contato com problemas e vão se tornar pessoas proativas. Vencer ou perder apenas marcará um diferencial de como podem ser capazes de resolver problemas”, observou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.