Domingo, 25 de Outubro de 2020
SAÚDE

Presidente do Fast sofre mal estar e é levado às pressas para hospital

Denis Albuquerque sofreu uma queda de pressão na noite desta quinta-feira (20), mas passa bem após atendimento médico



WhatsApp_Image_2020-08-21_at_20.57.34_3097A90F-11DF-419D-AA74-A442907E9842.jpeg Foto: Arquivo AC
21/08/2020 às 21:03

O presidente do Fast Clube, Denis Albuquerque, sofreu um mal estar na noite da última quinta-feira (20), enquanto estava em sua casa, e foi levado às pressas para o hospital Santa Júlia, localizado na Avenida Álvaro Maia, no Centro, Zona Centro-Sul de Manaus. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do Fast Clube, Hugo Ribeiro, que também disse ao CRAQUE que após a realização de exames, o dirigente foi liberado para retornar à sua casa.

Segundo fontes, o presidente começou a sentir dores de cabeça e no corpo enquanto estava em sua casa. Por conta dos sintomas, Denis acabou desmaiando e foi levado às pressas pela sua família para o hospital Santa Júlia, aonde deu entrada aproximadamente às 21h30. Durante o atendimento, foi constatado que Denis estava com a pressão baixa e foi aplicada uma medicação para que sua pressão voltasse ao normal.



O vice-presidente também disse que ele e Denis chegaram a pegar COVID-19 durante a pandemia, mas que em testes recentes, foi constatado que ambos já se encontram fora do período de contaminação. No último dia 7 de agosto, saíram os testes que confirmaram que nove atletas do Fast e o técnico Ricardo Lecheva foram diagnosticados com o coronavírus (COVID-19). Nesta sexta-feira (21), os nove jogadores e o técnico realizaram um exame definitivo para detectarem se ainda estão no período de contaminação. A assessoria do Fast confirmou que os resultados dos testes devem sair na manhã desta sábado (22).

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.