Sábado, 19 de Setembro de 2020
PROPOSTA

Presidente do Nacional estuda realizar jogos aos sábados na Série D

 Assim como o Manaus  na Série C, Leão da Vila Municipal pretende encarar o Ji-Paraná, pela fase preliminar, no sábado



4e654850-ef39-4340-a432-522b2ebb8382_D468A70E-23B2-4BB0-B633-C32D1171ED57.jpg Foto: João Normando
21/07/2020 às 08:46

Os jogos da fase preliminar da Série D do Campeonato Brasileiro estão previstos para acontecerem ou em dias de sábado ou em dias de domingo. O presidente do Nacional, Nazareno Pereira, porém, analisa a possibilidade de solicitar seu mando de campo para o sábado. O Naça encara o Ji-Paraná-RO em duas partidas: a primeira, dia 5 ou 6 de setembro, em Rondônia, e o jogo em casa, podendo ser dia 12 ou 13 do mesmo mês.  

“O primeiro jogo, nós jogamos lá (em Rondônia). No jogo da volta, a gente poderia pensar. Depende também se o Manaus não jogar no mesmo dia, se eles jogarem no sábado, eu não teria como trocar o dia. Mas caso não fique no mesmo dia dos jogos do Manaus, nós vamos tentar mudar para o sábado o jogo da volta”, afirmou o mandatário. 




Foto: João Normando

O Leão da Vila Municipal volta às atividades dia 31 de julho. O elenco azulino contém 11 jogadores no total, até o momento.  Os zagueiros Carlos Alberto, Magrão, Anderson Bandeira e Cleberson Varane; os volantes Judá, Alan Patrick, Gabriel Manga, Felipe Pelles e Guilherme Adolfo; e os atacantes Ivamar Júnior e Biel. 

“Estamos querendo que o técnico chegue dia 27 de julho para receber a apresentação do elenco. A partir do dia 27, 28, 29, 30, 31 deste mês e 1 de agosto, os atletas já começam a chegar”, revelou o presidente. 

Sede tombada

A sede do Nacional FC pode passar a ser considerado patrimônio histórico e cultural, segundo um projeto de autoria da vereadora Professora Jacqueline (Podemos), que foi aprovado pela Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Localizada na Rua São Luís, 230, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da capital, a sede oferece academia, restaurante, aulas de piscina e ao lado tem o campinho onde a escola de formação do clube funciona. 

Caso o projeto seja sancionado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), fica vedado por Lei a demolição e a descaracterização da edificação, sendo admitida a utilização da mesma apenas para fins educacionais, artísticos, históricos e/ou culturais.

“É com grande honra e satisfação que recebemos a aprovação do Projeto de Lei Nº 032/2020. Aproveitamos para agradecer a vereadora Professora Jacqueline (Podemos), autora do projeto. O Nacional Futebol Clube tem um valor imensurável para todos os nacionalinos e, sem dúvida nenhuma, sua história se confunde com a do estado do Amazonas. Vamos aguardar agora, ansiosos, a sanção do prefeito Arthur Virgílio Neto”, finalizou Nazareno.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.