Publicidade
Esportes
Craque

Prestes a completar 39 anos, Nando fala sobre o retorno ao Princesa

Contratado para a disputa da Copa do Brasil, jogador afirma que esqueceu dos problemas do passado, fala do gol na Arena e aposentadoria 22/02/2016 às 21:11
Show 1
Nando vai defender o Princesa pela quarta vez seguida
Anderson Silva Manaus (AM)

Nando está de volta! Depois de um segundo semestre de recesso forçado, o atacante de 38 anos fez um contrato pontual para os dois primeiros jogos da Copa do Brasil e mais uma vez – a quarta consecutiva – vai defender o vermelho e branco do Princesa.

Mas, desta vez, o jogador admirado e “odiado” pelo torcedor quer esquecer os problemas ocorridos na temporada passada e canalizar a força do primeiro gol feito por um amazonense na Arena da Amazônia para que 2016 seja de mais conquistas.

“Muito feliz por estar trabalhando, na atividade. Feliz também por esse fato inédito na minha vida (o primeiro gol amazonense na Arena). Passei um ano não muito bom, mas por questão dos problemas, porque em campo fomos vice-campeões e marquei o gol na Arena. E essa fase (dos problemas) já passou na minha vida”, afirmou Nando.

De férias forçadas no segundo semestre de 2015, o jogador resolveu se afastar um pouco da cidade. Ao lado da família no interior, as forças para uma nova temporada foram recuperadas.

“Fiquei com a minha família e dei uma viajada para Barcelos, onde morei por sete anos. Meu irmão mora lá. Passei 20 dias lá, ao lado da família e fazendo algumas coisas para não ficar parado. Mas futebol nada!”, revelou Nando, que não foi convidado para disputa da Copa Amazonas.

“Mas graças a Deus por onde vou deixo a porta aberta. Graças a Deus o Maddy (diretor de futebol) e o Holofernes (presidente do clube) confiam no meu trabalho. Isso conta muito na vida do atleta profissional. Graças a Deus eles lembraram de mim e espero ficar para a disputa do Campeonato Amazonense”, comentou.

Pestes a completar 39 anos, no mês de abril, Nando sabe que a aposentadoria bate à porta. “Esse ano vou dar o meu melhor para que a gente consiga chegar à final e conquistar o título”, comentou.

“Sou grato ao torcedor que me abraçou de uma forma muito maravilhosa, até pela minha quarta temporada. É uma torcida que me apoia e agradeço sempre por essa torcida que me recebe sempre bem”.

Com foco na Chapecoense pela Copa do Brasil, Nando espera brilhar com a camisa do Tubarão. “Ano passado foi um jogo muito difícil com o Figueirense. Empatamos em 2 a 2 e lá no jogo da volta foi 2 a 1 pra eles, eu ainda marquei e no fanalzinho quase a gente empata.  No final nós saímos aplaudidos pelos torcedores do Figueirense, e alguns jogadores deles saíram vaiados”, lembrou.

Publicidade
Publicidade