Publicidade
Esportes
Craque

Princesa à flor da pele: técnico Zé Marco comenta estreia 'nervosa' diante do Operário

Após empate frustrante na estreia contra o Operário, treinador diz que faltou paciência para o time, que tomou o empate aos 15 minutos do 1º tempo e desperdiçou muitos gols 26/02/2015 às 16:19
Show 1
Princesa criou pouco mas despediçou as oportunidades que teve
Felipe de Paula Manaus (AM)

Após o empate com o Operário na estreia do Campeonato Amazonense, neste quarta-feira (25), no estádio Carlos Zamith, no Coroado, o técnico do Princesa do Solimões, Zé Marco, comentou com o CRAQUE o resultado, que admitiu como frustrante.

Para ele, o time não soube lidar com a pressão do jogo, em que o Princesa chegou a impor o resultado de 2 a 0 no placar e viu o Operário arrancar o empate, aliás muito comemorado pelo rival de Manacapuru.

“Tomamos o gol de empate aos 15 do primeiro tempo, tínhamos muito jogo. Precisamos manter o equilíbrio, continuar jogando a bola, com calma e paciência, como no primeiro tempo. Começamos a rifar a bola muito cedo”, disse o treinador.

Outro aspecto comentado por Zé Marco foi a recomposição no posicionamento do time após perder a bola, a falta de um setor criativo mais contundente e de respostas dos atacantes quando ou laterais conseguem servi-los.

“Faltou uma melhor finalização e criação. Temos que criar um pouco mais, deixar o companheiro na cara, do gol. Temos volume de jogo, criamos pelo lado, mas não estamos conseguindo o gol”, disse Zé Marco.

O Princesa do Solimões tem o próximo jogo no marcado para este sábado (28), contra o São Raimundo, às 15 horas, no estádio Ismael Benigno, a Colina.

Publicidade
Publicidade