Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Craque

Princesa do Solimões recebe o Fast neste sábado (04), em Manacapuru

Caso consiga passar pelo Fast, o Princesa, campeão do primeiro turno, estará classificado para a final do returno e ficará bem próximo do título de 2013



1.gif Meia Toró é um dos destaques do Tubarão, que vislumbra vaga na final
04/05/2013 às 10:11

Princesa do Solimões e Fast Clube voltam a se enfrentar neste sábado (04), às 15h, no estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru (a 80 quilômetros de Manaus), pelo jogo de volta da semifinal do returno do Campeonato Amazonense de 2013. No primeiro confronto, na quarta-feira, em Itacoatiara, o Tubarão levou a melhor, venceu por 2 a 1 e abriu uma boa vantagem. Agora, para conquistar a vaga na final, o Rolo Compressor terá que vencer a partida por dois gols de diferença. Se o placar deste sábado for de 2 a 1 a favor do Tricolor, a decisão será nos pênaltis.

Caso consiga passar pelo Fast, o Princesa, campeão do primeiro turno, estará classificado para a final do returno e ficará bem próximo do título de 2013. Uma conquista inédita para o clube e também para o meia Toró, que aos 25 anos irá participar pela primeira vez de uma decisão. “Estou com muita vontade de vencer o jogo de amanhã (neste sábado). Temos que aproveitar todas as oportunidades, pois sabemos que estamos em um momento importante para o Princesa. Quero ser lembrado pela conquista desse título e sei que nós temos condições de conquistá-lo e de proporcionar essa felicidade aos torcedores de Manacapuru, que tanto nos apóiam”, disse.

Nos últimos jogos do Tubarão, Toró ganhou grande destaque pelas boas assistências aos atacantes Joiner e Marinelson. “Tenho trabalhado muito, estou totalmente focado no Estadual e por isso tenho conseguido ajudar bastante os meus companheiros na hora dos gols”, comentou.

Ao contrário de Toró, o jogador Souza, volante do Fast Cluba, que não jogou na quarta-feira por conta de uma virose, tem bastante experiência em finais e está bastante confiante para o jogo de hoje. “Infelizmente não tive condições de participar do jogo de ida, estava com muita febre, mas amanhã (neste sábado) será diferente. Vou fazer de tudo para buscar um resultado positivo para o Fast”, afirmou.

Jogando na casa do adversário, o Rolo Compressor terá que tentar reverter o placar diante da forte torcida do Tubarão, uma missão possível, segundo Souza. “A torcida adversária não interfere, pelo contrário, ela até nos deixa mais motivados. E o jogo é decidido em campo, então amanhã quem estiver mais concentrado e for mais eficiente irá vai conseguir a vitória”, finalizou o atleta.

Confira outras notícias sobre esporte aqui.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.