Publicidade
Esportes
São Raimundo x Princesa do Solimões

Princesa do Solimões tenta vencer o São Raimundo em seus domínios

No primeiro turno, o São Raimundo venceu o Princesa, no Gilbertão. Agora é a vez do Tubarão tentar tirar pontos do adversário dentro da casa dele 01/10/2016 às 14:49 - Atualizado em 01/10/2016 às 14:49
Show zcr030101 p01
Camila Leonel Manaus (AM)

São Raimundo e Princesa do Solimões se enfrentam,  neste sábado (1°), ás 16h, no estádio Ismael Benigno, Zona Oeste de Manaus, a casa do São Raimundo. As duas eq uipes estão no G4 separadas por sete pontos. O Princesa é o terceiro, com 16 pontos, o São Raimundo, o quarto, com nove.

No primeiro encontro entre as duas equipes, o Tufão levou a melhor em pleno Gilbertão ao vencer por 3 a 2, com direito a hat-trick de Americano. Mas agora a situação é bem diferente, o Princesa está há três jogos sem perder e, de acordo com o atacante Jefferson, espera ganhar na casa do adversário.

“Esperamos fazer uma boa partida. Temos uma vantagem em relação à pontuação e queremos continuar com essa certa ‘vantagem’ porque temos uma folga no turno e queremos manter pelo menos quatro pontos de diferença quando tiver essa folga”, explicou.

Apesar da confiança, o jogador reconhece que não será um jogo fácil.

“Não tivemos nenhum jogo fácil e esse tem tudo para ser uma dos mais difíceis. Conheço bem o Alberone e sei que ele vai montar da melhor maneira possível o São Raimundo. Ele é inteligente, mas com certeza estamos um pouco mais encorpados. Será um grande jogo com certeza”, diz Jefferson.

Do outro lado, Alberone também reconhece a importância do jogo, mas diz que confia plenamente em sua equipe.

“Esse campeonato já mostrou ser um campeonato equilibrado porque muitas equipes, que teoricamente eram favoritas perderam dentro de casa. Eu vim alertado para essa situação. No primeiro turno tivemos essa brilhante vitória em Manacapuru, contra uma equipe perigosa e bem estruturada em todos os sentidos. Em relação a treinamento, nosso time está bem conectado quanto a esse jogo. Estamos bem preparados para o jogo contra o Princesa”, garantiu.

Além da preparação, o comandante do Tufão vê com bons olhos a questão do time jogar em casa e espera que isso seja um fator positivo.

“Em função do campo, o estádio da Colina proporciona, de repente, um futebol melhor não que o campo do Gilbertão seja ruim, mas a dimensão da Colina facilita. Mas como eu falei, o campeonato não tem nenhum favorito. Nós não éramos favoritos contra o Princesa. Agora, o Princesa também não é favorito jogando nas nossas dependências. Será um jogo igual e a equipe tem que aproveitar as oportunidades”, concluiu.

Nem tão dono assim

Apesar da Colina ser a “casa do Tufão”, a equipe alviceleste jogou pouco no estádio Ismael Benigno. O time do treinador Alberone atuou apenas em  três dos sete jogos que fez no Barezão.

Talvez isso tenha interferido no retrospecto em casa. Em seus domínios foram uma vitória, um empate e uma derrota. Já fora de casa foram quatro jogos: uma vitória, dois empates e uma derrota.

O Princesa também jogou três partidas no Gilbertão. Venceu duas e perdeu uma, justamente para o adversário deste sábado. A diferença é que o time treina no campo do estádio mais vezes que o São Raimundo treina na Colina.

Outro fato curioso é que no ano passado, o Princesa mandou alguns de seus jogos na Colina, enquanto o Gilbertão esteve em reforma. Nas duas vezes que se encontraram no campeonato, o Princesa venceu os dois jogos na Colina: 3 a 1, no primeiro turno e 2 a 1 no segundo

Publicidade
Publicidade