Publicidade
Esportes
Craque

Princesa e Fast começam a mostrar a ‘cara’ que terão no Campeonato Amazonense

No amistoso realizado, na tarde desta quarta-feira (06), debaixo de muita chuva as equipes tentaram impor o seu futebol, mas o estado do gramado encharcado não permitiu 07/02/2013 às 10:38
Show 1
Fast e Princesa jogaram amistosamente em campo "pesado"
Augusto Costa Manaus (AM)

Apesar da boa movimentação dos jogadores do Fast Clube e Princesa do Solimões, as duas equipes não passaram do empate em 0 a 0, ontem (quarta-feira), em jogo-treino realizado no campo da Ulbra. Debaixo de muita chuva, as equipes tentaram impor o seu futebol, mas o estado do gramado encharcado não permitiu. Mesmo assim, o Rolo Compressor criou três grandes oportunidades no primeiro tempo, duas com o atacante Laércio e uma com o zagueiro Fábio Gomes, obrigando o goleiro do Tubarão, Nilton a praticar boas defesas. Aos dez minutos do segundo tempo, com o campo praticamente impraticável, o árbitro Celso Mota Rezende, encerrou a partida para preservar a integridade física dos jogadores.

O Princesa começou tocando melhor a bola e envolvendo o adversário com velocidade pelo lado esquerdo com os avanços do lateral-esquerdo He-Man, mas os atacantes Nando e Renato Gladiador, não conseguiam finalizar contra o gol de Rascifran. Aos poucos o Fast começou a dominar a partida e bem armado taticamente no esquema 3-5-2, passou a criar boas oportunidades de gols. O campo molhado também incentivou as jogadas duras dos dois lados.

No final, o técnico fastiano, Cláudio Marques e o treinador do Princesa, Marquinhos, disseram que estavam satisfeitos com o desempenho de suas equipes e que já estão com 80% do time definido para a estreia no Campeonato Amazonense de 2013.

“Enfrentamos uma equipe profissional (Princesa) de qualidade. O jogo-treino me deixou muito satisfeito queremos fazer uma boa campanha. Tivemos boas jogadas e perdemos pelo menos quatro oportunidades de marcar. Já estou 80% do time definido que é o que começou jogando, mas ainda tenho dúvidas nas laterais e no segundo atacante”, afirmou o técnico do Fast.

Já pelo lado do Princesa do Solimões, o técnico Marquinhos, não poupou elogios aos seus jogadores, mas reconheceu que precisa melhorar o entrosamento da equipe.

“Foi bom porque enfrentamos um time de qualidade que também vem treinando forte. Gostei do posicionamento do Princesa e a vontade dos jogadores. Ainda precisamos trabalhar a bola parada e os cruzamentos. Tenho 70% do time definido para a estreia. A defesa tem que orientar o meio-de-campo e eles os atacantes”, avaliou Marquinhos.

Publicidade
Publicidade