Publicidade
Esportes
Craque

Princesa e Penarol se enfrentam nesta quarta (25), no reencontro de Marquinhos Piter com Tubarão

Pela primeira vez, o técnico do Penarol vai enfrentar o Princesa do Solimões, que em 2013 conduziu ao inédito título de campeão amazonense em 2013 e em 2014 o vice-campeonato estadual 25/03/2015 às 10:16
Show 1
Técnico exaltou tempo no Princesa mas disse que vai focar na partida
Felipe de Paula Manaus (AM)

O técnico do Penarol, Marquinhos Piter, enfrenta hoje, às 16h, no Valdizão, em Manaquiri, um desafio digamos, afetivo pelo Leão da Velha Serpa. Pela primeira vez, o treinador de 41 anos vai enfrentar um clube de sua cidade natal, o Princesa do Solimões, que em 2013 conduziu ao inédito título de campeão amazonense em 2013 e em 2014 o vice-campeonato estadual.

Em entrevista ao CRAQUE, Marquinhos exaltou os momentos vividos no Tubarão, comentou a satisfação em receber o carinho da torcida do Princesa mesmo longe de clube, mas se disse muito feliz time de Itacoatiara e comentou que vai voltar suas atenção para a partida deste quarta-feira, válida pela terceira rodada do Campeonato Amazonense (atrasada em razão da disputa da Copa Verde pelo Princesa).

“O que representa para mim é que eu vou rever os torcedores, que sempre me trataram com muito respeito e carinho, mas vou ficar focado em ganhar o jogo. O campeonato é de pontos corridos, temos consciência de que temos que somar pontos”, disse o treinador, que não deixou de relembrar o período vitorioso no agora adversário Princesa do Solimões.

“Ao Princesa fica meu carinho, meu respeito. Tenho uma história muito bonita no clube. Toda vez que eu vou comprar minha carne, meu peixe (em Manacapuru), eles em abraçam e agradecem por tudo”, disse ele, orgulhoso, mas sem perder o foco na partida, que coloca frente a frente dois fortes candidatos a finalistas do primeiro turno do campeonato.

“Agora to do outro lado, e a gente vai tentar no jogo de quarta fazer uma grande partida. Sou profissional e estou estou feliz no Penarol, onde temos uma torcida que incentiva e que cobra muito também, e eu gosto disso,gosto de ser cobrado”, disse Marquinhos.Melhor defesaNa terceira posição da tabela do Amazonense com 10 pontos, o Penarol tem a melhor defesa da competição, com apenas dois gols tomados, e o segundo melhor aproveitamento (três vitórias e um empate em cinco jogos).

Já o Princesa do Solimões tem dois jogos a menos que o adversário e está na quinta posição, com sete pontos (duas vitórias e um empate). Para o técnico Zé Marco, a maior preocupação é com a condição física dos atletas, cujo ritmo de partidas se dá numa verdadeira maratona de jogos, classificada como “criminosa” pelo treinador. “Passam dois, três dias, e já estamos jogando de novo. É um crime o que estão fazendo com  Princesa”, denuncia o treinador, que reduziu a carga e o número de treinamentos durante a “maratona” de partidas.

No Tubarão, o lateral direito Lei e o volante  Delcinei estão no DM e não devem ter condição de jogo. Com dores, Deurick ainda é esperado para a partida. Pelo lado do Penarol, o volante e capitão Thompson, com três amarelos, não joga, assim como o  meia Celsinho, que pela segunda vez o treinamento faltou e vai ficar na geladeira. Ambos os times não revelaram a escalação.


Publicidade
Publicidade