Publicidade
Esportes
Barezão 2017

Princesa foca nas semifinais, mas assume que vitória na série D dá moral ao time

O time de Manacapuru recebe o Nacional em casa pelas semifinais do Barezão 22/05/2017 às 09:17 - Atualizado em 22/05/2017 às 09:18
Show princess
(Foto: Evandro Seixas)
Camila Leonel Manaus (AM)

Na quarta-feira (24), às 16h, o Princesa volta a jogar no Gilbertão, em Manacapuru, mas com a chave virada para as semifinais do Campeonato Amazonense. É que o Tubarão recebe o Nacional no jogo de ida da segunda fase buscando chegar à quinta final seguida no Barezão.

Mesmo que  o elenco esteja consciente de que é preciso deixar a euforia da estreia na Série D de lado e focar no outro jogo, é impossível negar que  o triunfo diante do Real Ariquemes dá confiança ao time, que chega com moral frente ao seu principal rival dos últimos anos.

Com certeza que chegamos com moral, mas acima de tudo é um campeonato totalmente diferente do estadual. O estadual é uma atmosfera totalmente diferente. O Nacional, querendo ou não, a gente tem que respeitar, mas dentro de campo é 11 contra 11. Acho que a gente vai dar o nosso melhor, descansar e focar na semifinal contra o Nacional, que vai ser difícil”, comentou Weverton.

Já o treinador Alberone desabafou que será difícil para o trabalho que a equipe vem fazendo tanto no Barezão como na série D.

“Com certeza, com toda certeza ( a vitória dá moral ao time). Aqui no Amazonas tem uma meia dúzia de treinador que quer derrubar o nosso trabalho e para derrubar o trabalho que a gente vem fazendo no Princesa  é muito difícil. As pessoas podem tentar nos derrubar, mas a gente vai seguir adiante”, disse o treinador.

O Princesa terminou a primeira fase na quarta colocação com 23 pontos – mesma pontuação de Manaus e Fast –e quem entra em campo com a vantagem do empate é o Nacional. Porém, o retrospecto da primeira fase é favorável ao time de Manacapuru já que no primeiro turno, no Gilbertão, os donos da casa venceram por 4 a 3 e empataram em 0 a 0 no segundo turno, em partida realizada na Arena da Amazônia. É  o segundo ano seguido que as duas equipes se enfrentam na semifinal. Em 2016, o Princesa despachou o Nacional ao vencer por 2 a 0 na Arena da Amazônia. A vaga foi decidida em partida única.

Publicidade
Publicidade