Publicidade
Esportes
Ataque de Tubarão

Princesa goleia Baré-RR e volta a pegar o Palmas-TO no mata-mata da Série D

O Tubarão sapecou 4 a 0 pra cima do Colorado da Consolata na despedida da primeira fase do torneio. 17/07/2016 às 22:32 - Atualizado em 17/07/2016 às 22:34
Show c09a1a8f 2f97 458a b7d4 3f4c304dd40b
Atacante Jefferson voltou a marcar e ajudou o Princesa a vencer mais uma na Série D (Foto: Lucas Luckezie)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Princesa do Solimões venceu o Baré-RR por 4 a 0, ontem, no estádio Roberto Marinho, em Roraima, se manteve na liderança do grupo A2 e avançou tranquilamente para a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

Com gols de Guilherme, Leonardo, André Lima e Jefferson, o Tubarão do Norte goleou o já eliminado time roraimense – que foi punido pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de quatro pontos - e voltará e encarar o Palmas, de Tocantins, na próxima do torneio, ainda sem datas definidas pela CBF. 

O Palmas-TO bateu o São Francisco-PA por 2 a 1 e se classificou em segundo lugar no mesmo Grupo A2 do Princesa. O primeiro duelo deve acontecer no estádio Nilton Santos, em Palmas, mesmo local onde o Tubarão venceu o Tricolor (apelido do Palmas-TO) por 3 a 2, dando início a sua arrancada para a classificação à fase de mata-mata da Série D.

Superioridade no momento certo

Com maior volume de jogo desde o início da partida, a vitória do time comandado por Zé Marcos apenas ratificou a bela campanha que fez durante a primeira fase da competição. Fora os sustos sofridos contra os já eliminados Baré-RR, com empate em casa na estreia, e contra o São Francisco, quando perdeu por 3 a 0, em Santarém, o time de Manacapuru encontrou o caminho das vitórias e será o único representante do Amazonas na Quarta Divisão nacional.

Mesmo atravessando dificuldades financeiras, o que impede o Tubarão de reforçar a equipe para a segunda fase, o Princesa do Solimões mostrou futebol de requinte na fase inicial do torneio que classifica quatro clubes à Série C do Campeonato Brasileiro. Na fase de mata-mata do torneio, o Princesa deve contar com o apoio de sua torcida no “caldeirão” do Gilbertão, em Manacá.
  
 
 

Publicidade
Publicidade