Publicidade
Esportes
Craque

Princesa perde mais uma vez para o Nacional e fica sem vantagem nas semifinais do Amazonense

Desde a final do Campeonato Amazonense 2014, Princesa fez mais dois jogos que resultaram em derrota. A última fez o time ficar sem vantagem de decidir a semifinal 25/05/2015 às 09:42
Show 1
Nacional venceu com gols de Lídio e Junior Paraíba
Anderson Silva Manaus (AM)

O dia 24 de maio de 2014 marcou a conquista do ‘impossível’ Campeonato Amazonense do Nacional. O adversário era o Princesa, que acabou perdendo por 5 a 1, quando tinha a vantagem de perder até por dois gols de diferença. Exatos um ano depois foram mais dois jogos com duas derrotas do Tubarão, 1 a 0 no primeiro turno, e na tarde deste domingo (24), no estádio da Colina, a equipe do Interior perdeu por 2 a 0, com dois gols anulados para o Nacional, e saiu de campo ouvindo dos torcedores do Leão o coro: Freguês, Freguês...

Lídio e Junior Paraíba fizeram os gols do reencontro nacionalino com a vitória, após duas derrotas seguidas. A primeira partida do Leão na semifinal será contra o Penarol, no domingo, às 15h no estádio Floro Mendonça, em Itacoatiara (distante a 176 quilômetros de Manaus). O Princesa termina a primeira fase na terceira posição e vai fazer a primeira semifinal no sábado, às 16h, no estádio da Colina, contra o Fast, segundo colocado.

O jogo

O Nacional não teve dificuldades para abrir o placar no misto do Princesa, que poupou alguns jogadores para a semifinal e aos oito minutos Fininho cobrou escanteio e Lídio escorou de cabeça: 1 a 0.


Junior Paraíba marcou o primeiro gol dele com a camisa do Naça

Sem apresentar perigo, o Princesa tentou entrar na área nacionalina, mas era constantemente brecado pelos zagueiros do Leão.

O primeiro tempo foi dominado pelo Nacional, que perdeu algumas chances claras de gol e teve um tento anulado do zagueiro Maurício Leal, após falta de Leonardo no defensor do Tubarão.

Na volta para o segundo tempo pouca coisa mudou e o Nacional manteve o domínio da partida. Junior Paraíba entrou no lugar de Thiago Verçosa para dar mais qualidade no ataque e ainda marcou um gol, anulado pela arbitragem.

O Princesa até tentava chegar com mais perigo. Somente, aos 24, Nando fez o goleiro do Wagner trabalhar. Aproveitando o vacilo da zaga, o atacante bateu cruzado e a bola passou raspando a trave direita.

Vendo os espaços em campo, Lana colocou o veloz Weverton, que puxou o contra-ataque aos 40 e tocou para Junior Paraíba bater forte por cima do goleiro Douglas: 2 a 0.

Publicidade
Publicidade