Publicidade
Esportes
COM UM A MAIS

Princesa do Solimões tropeça, empata e deixa a liderança do Barezão

Fora de casa, o time de Manacapuru não conseguiu aproveitar a vantagem numérica e apenas empatou com o Manaus F.C em 0 a 0, na Colina. 30/08/2016 às 09:44
Show p
O jogo foi marcado pelas faltas e por poucas oportunidades (Foto: Antônio Lima)
Valter Cardoso (Manaus-AM)

Princesa do Solimões e Manaus fizeram um jogo duro na noite de ontem, mas não conseguiram balançar as redes e a partida acabou em 0 a 0.
Ao fim dos 90 minutos, os sentimentos eram bem diferentes. Com um jogador a menos durante boa parte do segundo tempo, o Manaus comemorou o resultado. “A gente pretendia a vitória, mas dentro da possibilidade da partida, perdemos um atleta, os jogadores foram gigantes. Tem que bater palma para esse garotos”, analisou o técnico do Gavião, Igor Cearense.

Já o Tubarão do Norte, lamentou a chance de somar a segunda vitória em dois jogos. 

“Fica com sabor de derrota. Passamos o jogo todinho com um a mais dentro de campo e a gente nao soube aproveitar a diferença”, avaliou Edinho Canutama, atacante do time de Manacapuru.

Com o empate, o Princesa deixou a liderança da competição e assume agora a terceira posição, abaixo de Nacional e Fast. Já o Manaus ocupa agora a quarta posição com um ponto marcado em duas partida.


O jogo
No primeiro tempo o jogo foi equilibrado, com poucas chances para ambos os lados. As melhores oportunidades surgiram nos ataques do Manaus, que teve duas boas chances de abrir o placar, mas não aproveitaram. O Princesa buscava as jogadas de velocidade nos contra-ataques, mas pecava no último passe e não exigiu o goleiro Delone.
O segundo tempo dava a impressão de que seria mais aberto após a expulsão de Baé, do Manaus, logo aos 4 minutos após receber o segundo cartão amarelo. Mesmo com um jogador a mais, o Princesa não chegou a ameaçar o time mandante. Com a vantagem numérica os papéis se inverteram na segunda etapa, o time de Manacapuru passou a propor mais o jogo, enquanto o Manaus buscava as jogadas rápidas em velocidade.
Com o resultado, o Tubarão do Norte mantém um tabu de nunca ter sido derrotado pelo Manaus na primeira divisão do Campeonato Amazonense. Já são quatro confrontos com duas vitórias do Princesa e dois empates contra o Gavião.

Publicidade
Publicidade