Publicidade
Esportes
Tubarão bebeu água!!

Princesa vence Nacional em prévia da semifinal do Barezão

Tubarão do Norte está repetindo o placar do 1º turno, quando bateu o Leão, no estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru, por 3 a 0; o resultado deixa o Tricolor de Aço como líder no fim da fase de classificação 15/10/2016 às 13:16
Show 5f5de919 d384 406c 929a 6bc157d3a94b
Edinho Canutama marcou dois gols da vitória parcial do Princesa sobre o Nacional. (Foto: Evandro Seixas)
Valter Cardoso Manaus (AM)

Em aquecimento da semifinal do Barezão Centenário, Princesa faz 3 a 1 no Nacional com facilidade, na manhã deste sábado (15), no estádio do Sesi, na Zona Leste de Manaus. As duas equipes entraram em campo com times mistos, poupando jogadores para a fase de mata-mata onde se enfrentam novamente.

A ausência dos titulares em ambos os times dava a impressão de que nenhuma das equipes se desgastaria na última partida da primeira fase do Campeonato Amazonense. Mas o Princesa não perdeu a chance de fazer um placar elástico no rival e fez 3 a 1 no Leão da Vila.

Matematicamente, o placar não faz o Tubarão do Norte subir na classificação. Mas tirou três pontos que poderiam dar a liderança ao Nacional. Com o resultado, o Nacional encerrou a primeira fase na segunda posição e enfrenta justamente o Princesa na próxima fase do campeonato, já na próxima quarta-feira (19).

Para a fase de mata-mata, o Leão da Vila tem vantagem do empate, ao fim da prorrogação e do mando de campo. 

O jogo

O jogo começou em marcha lenta. Os dois times trocavam passes na intermediária e não conseguiam se aproximar das zonas de perigo. A primeira chance de gol surgiu somente aos 16 minutos, quando Michell Parintins cobrou falta e a bola caprichosamente bateu no travessão e saiu pela linha de fundo.

Aos 19, foi a chance do Leão levar perigo. Hayllan recebeu a bola pela esquerda e cruzou para João Carlos que cabeceou para fora. Aos 25, Tety arriscou da entrada da área, Raphael Barrios espalmou para o meio da área. Leonardo, ao melhor estilo camisa 9, aproveitou o rebote e completou para o gol.

Aos 32, Hayllan tentou colocar o Nacional na partida novamente, mas finalizou fraco de fora da área. Já aos 36, Edinho Canutama recebeu na ponta direita, cortou para o meio e finalizou de esquerda, acertando o canto do goleiro Raphael Barrios, para fazer 2 a 0.

Aos 45, o Princesa perdeu a chance de deixar o placar ainda mais elástico. Em belo contra-ataque, o Tubarão do Norte saiu em velocidade e numa tabela entre Michell Parintins e Leonardo, o meia recebeu na frente do gol, mas finalizou em cima do goleiro.

Segunta etapa

O segundo tempo começou ainda mais favorável para o Princesa. Logo com 1 minuto da segunda etapa, Edinho Canutama repetiu a jogada do segundo gol, dessa vez dentro da área e mais uma vez acertou o canto inferior de Raphael Barrios.

O Leão demorou 13 minutos para conseguir finalizar. Em jogada pelo meio, Cazumba recebeu na área e finalizou em cima do goleiro Rascifran. Com o placar definido, as equipes passaram a se poupar mais dentro de campo e o turno da partida diminuiu. Com um ritmo mais lento, as chances de gol também diminuíram.

Aos 43, o Nacional descontou. Railson cobrou falta na trave e no rebote, Januário marcou o único gol do Leão na partida. Foi o último lance do jogo.

Ficha técnica: 

Nacional: Raphael Barrios; Nego; João Carlos, Bianor e Cazumba; Leandro, Tragodara (Carlinhos), Eduardo (Januário) e Railson; Hayllan e Careca (Thiago Verçosa). Técnico: Álvaro Miguéis.

Princesa do Solimões: Rascifran; Getúlio, Pastor, Deurick (Danilo) e Geovane (João Rodrigo); Thompsom, Adonias e Michell Parintins; Tety, Edinho Canutama (Randerson) e Leonardo. Técnico: Zé Marco.

 

Publicidade
Publicidade