Quinta-feira, 06 de Maio de 2021
Placar

Princesa vence o Clipper por 2 a 0 e se firma no G4 do Barezão

Guilherme Lima e Luciano marcaram os gols do Tubarão neste sábado, em partida realizada no Gilbertão, em Manacapuru



173062426_10225811837747168_64503813021818730_n_B94DE09D-E14A-4F59-BAC1-D9888A8D1A91.jpg Foto: Felix Coelho/Amazon Pixel
10/04/2021 às 18:57


Invicto e confirmado entre os quatro primeiros colocados do Barezão! Neste sábado, o Princesa do Solimões venceu o Clipper por 2 a 0 e, além de conquistar a primeira vitória dentro de seus domínios, o Tubarão do Norte assegurou-se no G4 do Campeonato Amazonense 2021.

No próximo sábado (17), o Princesa fecha sua participação na fase de grupos do certame. Às 16h05 - em jogo com transmissão ao vivo da TV A Crítica -, o time de Manacapuru enfrenta, na Arena da Amazônia, o Manaus FC. Por outro lado, o Clipper já fez todos os seus jogos pela primeira fase e apenas aguarda pela finalização desta etapa para saber sua posição final na tabela.

Tudo resolvido
Nos primeiros minutos de partida, ambas as equipes marcavam em cima, tentando roubar a bola no campo de defesa. Aos 11, a primeira jogada de perigo real aconteceu. Raphinha tentou passe na grande área, buscando Wellinghton Silva, mas a zaga do Princesa afastou. Na sobra, o próprio Raphinha pegou de primeira, carimbando o travessão do goleiro Rascifran.

Com duas vitórias no estadual, todas fora de casa - contra o Iranduba, na Colina e contra o JC, no Floro de Mendonça -, o Princesa foi em busca do primeiro triunfo no estádio Gilbertão.

Aos 22 minutos, Toró roubou bola de Matheus Iton no lado direito de defesa do Tubarão. Próximo da risca do meio campo, o camisa 10 tocou para Jefferson, que fez inversão total - da direita para a esquerda -, servindo Guilherme Lima, que dominou a bola com o peito, avançou até a grande área e balançou as redes de Darlan, abrindo o placar. O gol foi contestado por jogadores do Clipper, que pediram falta de Toró em Iton no início da jogada, mas o árbitro Freddy Rafael Lopez Fernandez não deu ouvidos e manteve a validação do gol.

Ainda no primeiro tempo, Mazinho - treinador do Clipper - sacou o meia-atacante Wellinghton Silva para colocar o volante Robson, para tentar conter os avanços da equipe da casa, mas o segundo gol do Tubarão veio nos acréscimos da etapa inicial.

Aos 47, Frank trabalhou pela ponta esquerda e achou Toró na entrada da grande área. O volante levou a bola até a beira da linha de fundo e conseguiu fazer cruzamento rasteiro em diagonal para Luciano, que de primeira e entrando em velocidade, já próximo da pequena área, apenas chutou a bola - sem marcação - para fazer 2 a 0 Princesa.

Sem emoção
No intervalo, Mazinho trocou Thiago Bigo por Heltinho, mas a troca de um meia-atacante por outro não tornou o Clipper mais ofensivo. Por outro lado, o Princesa também não causou muita preocupação ao goleiro Darlan, com as únicas jogadas de perigo da etapa final surgindo com Guilherme Lima.

Na primeira, o meia-esquerda tentou finalizar da entrada da grande área, mas acabou "furando". Na segunda, o camisa 26 recebeu passe em diagonal, vindo da grande área, mas acabou chutando para fora, desperdiçando chance clara. Com o placar inalterado, o árbitro finalizou a partida aos 48 minutos, decretando a primeira vitória do Princesa atuando em Manacapuru.

Ficha técnica
Princesa 2x0 Clipper
Nona rodada do Barezão 2021

Princesa: Rascifran, Tico, Marquinhos, Eric, Fabrício, Maicon, Toró, Jefferson, Luciano (Thiaguinho), Guilherme Lima (Alan) e Frank (Hayllan). Técnico: Aderbal Lana

Clipper: Darlan, Foguete, Dedimar, Luan, Matheus Iton (Lídio), Juninho, Raphinha (Ronni), Thiago Bigo (Heltinho), Caíque (Terlison), Wellinghton Silva (Robson) e Edinho Canutama. Técnico: Mazinho

Árbitro: Freddy Rafael Lopez Fernandez
Estádio: Gilbertão, em Manacapuru




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.