Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
Craque

‘Problema é todo dia’, diz Clemilton sobre situação do Operário no Barezão

Capitão e líder do Sapão de Manacapuru desabafou sobre os problemas do clube. Mesmo com quatro meses de salários atrasados, o lateral exaltou os companheiros de time: “São todos guerreiros”



1.jpg Clemilton desabafa sobre salários atrasado no Operário e diz "São todos guerreiros".
07/05/2015 às 18:36

Depois da luta, o abatimento. Clemilton, o capitão e líder do time do  Operário deixa o gramado do Campo da Ulbra, logo após mais uma derrota de  sua equipe,  coberto de lama e desânimo. Não é pra menos. Não bastasse a vexatória campanha do Sapão da Terra Preta, que acumula 13 derrotas no Campeonato Amazonense e ocupa a lanterna da competição, o jogador ainda tem de encarar a triste realidade de um clube que não tem como pagar os quatro meses de salários atrasados.

“Tá complicado! Acho que ninguém sabe a dificuldade que a gente tá passando. Agora, no dia 10 (próximo domingo) já são quatro meses de salários atrasados. Acho que nenhum jogador consegue jogar futebol pensando em família... É complicado”, lamenta o jogador mais experiente do jovem elenco do Operário. Com apenas um ponto na tabela de classificação do Barezão, o “primo pobre” de Manacapuru (distante 68 quilômetros da capital) atravessa grave crise financeira. No duelo contra o Fast Clube, na última quarta-feira, o elenco quase não comparece ao jogo por conta de um problema com o ônibus da delegação e por pouco não perdeu a partida por W.O.



O desânimo com os seguidos tropeços da equipe chegou até ao escalão mais alto do clube. Em tom de brincadeira, ou não, o presidente do Operário, Beto Ferreira, quando alertado sobre o prazo limite para por seu time em campo disse: “Se ele (árbitro) der o W.O é até melhor.. assim nós não tomamos gols”.

Problemas e mais problemas

Os problemas estruturais do Operário vieram a público no início do mês de abril, quando o ex-treinador do time, Carlos Tozzi, pediu demissão após ter de pagar do próprio bolso pelo jantar de seus atletas. Na ocasião, o treinador não poupou críticas a diretoria do time e afirmou que a “estrutura do clube é zero”.

Na opinião do lateral Clemilton, não adianta mais cobrar a direção do Operário. Questionado sobre o problema do atraso para a partida com o Fast, o jogador não se conteve e disparou: “Problema é todo dia! Aqui nós temos problemas todos os dias. Hoje foi o ônibus, mas fazer o quê?”. Mesmo com tantas adversidades o camisa 4 do Sapão parabeniza o empenho de seus companheiros nos jogos, mesmo nas derrotas e no  dia dia no clube.

“Esse grupo tá sendo guerreiro. Pelas condições que nós estamos tendo de trabalho, todos os jogadores, que ainda estão no Operário, estão de parabéns. Todos! treinador, jogadores, roupeiro... todos são guerreiros, por hoje estarem aqui representando o Operário”, desabafou o capitão operariano.

Clemilton também alertou sobre a falta de experiência da maior parte do elenco e apontou que no time do Operário existem vários atletas que estão sendo sondados por outros clubes do Estado. “É um grupo jovem. É o primeiro ano de profissional deles. Inclusive, muitos têm idade de juniores e tem vários clubes interessados em jogadores como o Victor (goleiro), Hayllan (meia), Matenay (meia), Fabrício (lateral) e outros. Então, a gente tá aqui também por eles, pra ajudar nesse início de carreira deles no profissional”, explicou o jogador, salientando um dos motivos de ainda estar vestindo a camisa do Operário.

Segundo Clemilton, a prefeitura de Manacapuru está ajudando o clube em despesas como transporte e local para treinos e que a diretoria espera a liberação do repasse do dinheiro do governo do Estado aos clubes para quitar os salários atrasados.

No próximo sábado (9), o Operário encara outro clube com dificuldades financeiras, o Rio Negro. Ambos ocupam as últimas posições na tabela do campeonato e é a chance ideal de o jovem time do Operário mostrar o quanto é guerreiro. 



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.