Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020
Aulas online

Professor de judô continua dando aulas através de vídeos online

Sem poder reunir alunos no tatame da academia, Gláucio ministra treinos para seus alunos através das redes sociais



WhatsApp_Image_2020-04-08_at_15.44.31_F7774DA5-EB08-4D9D-859A-39387D4214EC.jpeg Foto: Acervo Pessoal
09/04/2020 às 17:02

Com a recomendação de todos os órgãos da saúde a nível nacional e internacional para que aglomerações sejam evitadas, os eventos esportivos e também os treinos de diversas modalidades foram afetados. Isso não significa que atletas e professores ficarão de braços cruzados em casa.

O mestre de judô Gláucio Mendonça, da Associação Comunitária dos Pais e Alunos do Amazonas (Acopajam) é um exemplo disto: desde a semana passada, ele ministra aulas através de vídeos para seus pupilos e posta em suas redes sociais. 



“Essa foi uma recomendação que a Confederação Brasileira de Judô nos passou. Algumas outras academias e professores já estavam fazendo esse tipo de ação nas transmissões ao vivo, mas sabemos que nem todos têm uma internet que suporte esse formato”, destacou o sensei que lapida a nova geração do caminho suave.

Ele explica o motivo da decisão de não ficar parado e também a importância de não deixar seus alunos sem treinos da modalidade. 

“Eu tenho que pensar como atleta e professor, a gente já tem uma certa dificuldade para conseguir seguir uma carreira num determinado segmento. Se a gente deixar todo mundo parado por dois, três meses alguns vão desistir de vez”, afirmou o professor fundador da Acopajam. 

“Essa ação é algo que com certeza vai facilitar a volta deles quando tudo isso passar. No retorno vão estar numa forma física que vai possibilitar seguir em frente no caminho deles”, disse. 

Gláucio também acrescenta que essa é uma forma dos professores de judô ao redor do Brasil continuar prestando serviços aos alunos, para que haja uma manutenção da mensalidade, mesmo sem treinos presenciais.

“Lançamos uma campanha chamada Apoie o Seu Sensei, porque se o aluno tiver em casa sem fazer nada ele começa a pensar se deve mesmo pagar a mensalidade”, declarou sobre os companheiros de luta.

Além de liderar a Acopajam, o multicampeão de judô também é professor de educação física em duas escolas da rede estadual e municipal. Sem deixá-los na mão, Gláucio utiliza da internet para ministrar suas aulas.

Nesse caso, ele manda as aulas via aplicativo de mensagem, mas também são postadas nas redes sociais para que todos tenham acesso.

“O legal é que também consigo receber de volta, através dos vídeos deles, o feedback e como eles estão realizando as atividades. São cerca de 249 alunos somando as duas escolas, que estão recebendo as vídeoaulas. É uma interação que tem se mostrado eficiente”, relatou o faixa preta em judô que vai dando seus primeiros passos no ensino a distância.

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.