Publicidade
Esportes
Projeto

Projeto de estudantes leva algumas modalidades para bairros periféricos de Manaus

O acadêmico de educação física, Itamar Oliveira, teve a ideia de criar o projeto “Caravana do Esporte”, que atende crianças e adolescentes carentes com idades entre cinco e 15 anos 04/11/2016 às 12:13
Show 1155898
Itamar Oliveira (agachado, de calça azul) é o idealizador da ‘Caravana do esporte’ e já colhe alguns frutos de seu trabalho nas comunidades de Manaus (Foto: Divulgação)
Dani Brito

“Eu estava dando aula particular em uma comunidade muito humilde e percebi que cada dia, crescia o número de crianças que iam lá só para ficar assistindo. Um dia perguntei se elas gostariam de fazer algumas atividades físicas e a resposta foi sim. Nessa hora pensei que poderia fazer algo por elas”. Desta forma, o acadêmico de educação física, Itamar Oliveira, teve a ideia de criar o projeto “Caravana do Esporte”, que atende crianças e adolescentes carentes com idades entre cinco e 15 anos.

O projeto funciona há cerca de um mês de forma itinerante. As atividades são levadas às comunidades sempre aos domingos e já visitou bairros como José Bonifácio, Novo Israel, Rio Piorini e Beija Flor. A caravana vai até esse locais através de convites de pessoas que lidam diariamente com as crianças.

A Caravana costuma atender uma média de 45 crianças. Dentre as atividades que são levadas pelo projeto aos bairros, estão futebol, brincadeiras de roda, queimada, pinturas e basquete adaptado para crianças.

Durante o torneio de futebol, os jogadores do time campeão recebem até medalhas de participação. Uma das comunidades contempladas pela Caravana é o Rio Piorini, na zona Norte de Manaus. O projeto foi ao local a convite do dono de uma escolinha de futebol, Marlon Santos, e levou alegria e esporte para cerca de 60 crianças.

“Esse tipo de atividade chama a atenção das crianças. É inclusive uma maneira de incluir outras crianças de fora da escolinha para brincarem”, disse Marlon Santos, dono da Escolhinha Turma do Futebol. Neste domingo (6) a caravana retorna ao local devido ao grande sucesso entre a criançada.

O trabalho é todo realizado por Itamar e conta com a ajuda de mais quatro voluntários. “No primeiro dia éramos só eu e o Paulo Henrique, que é formado em Educação Física. A partir do segundo domingo, tivemos a alegria de poder contar com a ajuda de mais dois voluntários”, ressaltou o idealizador.

Paulo afirma que participar do projeto está sendo uma experiência única, que nunca tinha pensado em viver. “Trabalhar com essas crianças carentes é muito gratificante. A maioria delas não tem a oportunidade de fazer nenhum esporte e quando a Caravana chega, sempre é recebida com muita alegria tanto pela molecada quanto pelos pais deles”, afirmou o voluntário. O projeto segue em busca de parceiros e à espera de convites das comunidades de Manaus.

Equipe cheia de gás

Atualmente o projeto funciona com quatro instrutores, Itamar, que é o idealizador; Paulo Henrique, que é formado em Educação Física e está desempregado; Rivoneide Alves, que é assistente social; o estudante do primeiro ano do ensino fundamental, Lucas Andrade e Bruno Andrade, que é autônomo. As atividades geralmente iniciam às 9h e finalizam às 11h30. “Nossa ideia é fazer a caravana chegar ao máximo de bairros possível e com isso levar para as crianças mais carentes um pouco de esporte. O nosso ideal é fazer com que a partir deste primeiro contato, elas passem a fazer do esporte algo cotidiano na vida delas”, ressaltou Itamar.

Serviço

O que: Projeto Caravana do Esporte

Quando: Domingo

Onde: Diversos bairros

Quanto: Gratuito

Informação: 993643219 (Itamar)

Publicidade
Publicidade