Domingo, 21 de Julho de 2019
ARTES MARCIAIS

Projeto que forma atletas internacionais de jiu-jítsu abre filial em Manaus

Primeira filial da equipe ‘Dream Art’ no Brasil, a academia visa criar uma equipe de competidores de alto nível do jiu-jítsu internacional à longo prazo



WhatsApp_Image_2019-07-09_at_19.13.36_952CC54B-D78F-46D5-AD56-7376BECB7A42.jpeg Foto: Divulgação
09/07/2019 às 19:31

A nova equipe Dream Art de Jiu-jítsu inicia em Manaus uma nova equipe na academia Melqui Galvão Jiu-jítsu School, com nove atletas. O objetivo é de criar uma equipe de competidores de alto nível do jiu-jítsu internacional à longo prazo com apoio de empresas.

Iniciado em São Paulo, o projeto ‘Dream Art’ é desenvolvido pela Alliance Jiu-jítsu, como uma ideia do professor Isaac Baiense, que foi resgatado da periferia de São Paulo, quando criança, e se tornou campeão mundial na faixa preta e que vive do esporte há anos.

Como uma forma de retribuir o que a Alliance fez com ele anos atrás, o professor resolveu criar, em 2018, o projeto que atende dezenas de pessoas. A ideia de Baiense era dar condições aos atletas de se tornarem profissionais, com suporte e treinamento completo em todas as áreas necessárias.

Além de criar um método de preparo da parte técnica e física, é feito um trabalho psicológico, fisioterapia, eles recebem moradia gratuita, alimentação, quimonos e equipamentos, suplementação, aulas de inglês e como conceder entrevistas à imprensa, ensina a se portar de forma comercial nas redes sociais.

O projeto foi criado há pelo menos 10 meses com 15 atletas em São Paulo, nove deles cedidos pelo professor Melqui, da equipe Melqui Galvão Jiu-jítsu School. Luiz Paulo, Fabrício Andrey, Brenda Larissa, Dimas Moraes, Natanael Jackson, Guilherme Fernandes, todos amazonenses, estão entre eles.

Durante esse período, o Dream Art levou a equipe Alliance de volta ao topo do Campeonato Mundial de Jiu-jítsu, Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-jítsu (CBJJ) como academia campeã, superando a equipe Athos e fez a equipe campeã também no World Jiu-jítsu Pro, em Abu Dhabi.

O professor Melqui Galvão foi visto pela diretoria de Alliance como um caça talentos apurado e um professor à altura para treinar o time. O grande número de competidores indicados na primeira fase do Dream Art e a qualidade do treino Melqui, o fez o primeiro convidado a iniciar a primeira filial da Dream Art, no Brasil, em Manaus.

“Já era um trabalho que eu realizava, que eu sempre gostei de fazer, de dar oportunidade para a atletas de prepara os alunos a serem profissionais, agora não mais pagando com meu próprio dinheiro, entro na Dream Art usando o dinheiro das empresas parceiras do projeto e continuo fazendo o que eu sempre fiz e gosto de fazer”, reitera Melqui Galvão, técnico de jiu-jítsu.

Esta semana, o professor deu início às atividades, nove atletas começaram os trabalhos logo cedo. “É um treinamento contínuo onde o atleta tem, além de treinar dentro do método de aprendizado, os adeptos obrigatoriamente fortalecem a parte física, a alimentação é regrada e tem horário, consultas periódicas ao psicólogo, e ter qualidade de sono”, disse.

Eles irão ficar na filial em Manaus durante seis meses, após isso irão para a sede em São Paulo treinar por mais uma temporada e assim seguir abrindo caminhos para novas oportunidades mundo a fora. Franciele Nascimento, Micael Galvão, Alessandro Oliveira, Diogo Reis, Ana Carolina Lima estão entre os novos atletas.

A filial do Dream Art funciona na Melqui Galvão Jiu-jítsu School, localizado na rua Rogério Magalhães, 8B - Cidade Nova (Próximo a rotatória do Samu) – Manaus/AM.

 

Receba Novidades

* campo obrigatório
News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.