Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020
LEGADO CONTINUA

Pupilos de Pedro Nunes comemoram 30 anos do projeto Ring Boxe

Os lutadores Morramad Araújo e Francizo Ataíde estão a frente do projeto social, que é realizado no ginásio Zezão, São José, zona leste de Manaus



Ring_Boxe_30_anos_D86DB9BE-80A3-4BF3-86D3-C7610A6C9F77.jpg Foto: Winnetou Almeida
30/08/2019 às 19:48

Para  celebrar os 30 anos do projeto social Ring Boxe e homenagear o seu fundador, Pedro Nunes, falecido há três meses, será realizado neste sábado (31) a partir das 18h, um evento com 10 lutas de boxe, na área externa do Ginásio Zezão, no bairro São José , Zona Leste de Manaus. 

Campeão brasileiro de boxe profissional e cria do projeto, o amazonense Morramad Araújo é um dos organizadores das lutas e  falou como será feito o evento.



“A comemoração vai ser assim, porque como é aniversário do projeto social, a gente não vai dar bolo. A gente vai ter um evento de luta. E como o professor (Pedro Nunes) tinha um calendário dele de evento, a gente vai cumprir esse calendário, e a comemoração dos 30 anos do projeto. Então quem quiser comparecer e nos ajudar está convidado. Nós ficamos agradecidos”, declarou o boxeador meio médio. 

Há três décadas revelando grandes nomes no cenário da “Nobre Arte” a nível estadual e nacional, o projeto Ring Boxe já fez despontar nomes como: Cássio Humberto, Maria ‘Marreta’, José Jeferson, José Lenilson, David Souza, e Morramad Araújo. 

Celeiro de boxeadores barés, o legado de Pedro Nunes segue mais vivo do que nunca. A mais nova promessa nos ringues do projeto atende pelo nome de Francizo Ataíde, de 28 anos, que é natural de Benjamim Constant, e mora em Manaus há 11 anos. 

“O professor sempre disse que estava me treinando pra um dia assumir o projeto. E essa preparação foi durante cinco anos. Sempre lutei levando o nome do projeto e pra mim ser uma dessas promessas do boxe é muito bom”, comentou Francizo, que está a frente das atividades na Arena Ring Boxe ao lado de Morramad desde o falecimento do fundador do projeto Pedro Nunes.

“O professor faleceu, mas eu me espelhava muito nele. Agora os alunos que estão começando já estão se espelhando em mim, no Morramad, que é campeão brasileiro.

Então é muito bom continuar esse trabalho, mas a gente sabe que não é fácil. Eu dou aula no projeto, às vezes tento treinar em casa quando posso. Então, assumir o projeto é muito bom, porque não olho só por mim, mas pelos alunos também”, concluiu o pupilo de Pedro Nunes.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.