Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Clima de Copa em Manaus

Quarta-feira marca início de contagem regressiva para Copa

Congresso para voluntários e relógio com contagem regressiva marcam a quarta em Manaus



1.png Voluntários selecionados terão reuniões em todo o Brasil
12/06/2013 às 07:58

A contar desta quarta-feira(12), faltam exatamente 365 dias para a Copa do Mundo de 2014. Em clima de contagem regressiva, a Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP-Copa) realiza hoje(12), na Ponta Negra, Zona Oeste, o primeiro congresso propriamente dito com os voluntários escolhidos para atuar na capital amazonense. Na ocasião, será lançado também o relógio que marca a contagem regressiva para o Mundial de futebol.

A Arena da Amazônia vai abrigar quatro partidas da primeira fase da competição, incluindo duas seleções cabeças de chave. A capital, porém, está fora da Copa das Confederações. O voluntariado, aliás, tem sido um dos pontos altos da fase que antecede a Copa, dado o grande número de inscritos - segundo números do Comitê Organizador Local (COL), foram  130.919 candidatos em todo o País. Deste universo, 15 mil foram selecionados, alguns até já entram em ação a partir do dia 15 com o inicio da Copa das Confederações, no confronto de Brasil x Japão, no Arena Mané Garrincha, em Brasília (DF).

O coordenador da UGP Copa, Miguel Capobiango, afirmou que já há 1,4 mil selecionados somente na capital amazonense para trabalhar na parte operacional do perímetro de segurança estabelecido pela Fifa para a Arena da Amazônia. “Mas esse número vai subir para, no mínimo, cinco mil voluntários para atuarem no entorno do estádio, nos pontos turísticos, na fan fest, enfim, onde haja demanda por atendimento ao turista que vem à cidade para a Copa”, explica o gestor.

Serviços oferecidos

O encontro de hoje à noite num dos cartões postais da capital é justamente para orientações gerais sobre o trabalho a fazer no megaevento esportivo e também servirá de teste prático, uma vez que o Estado e a prefeitura se uniram para realizar uma espécie de mobilização pré-Copa, oferecendo serviços de fisioterapia, massoterapia, medição de percentual de gordura, enfim, atendimentos voltados à área do esporte, além da projeto faixa liberada. Há no local a expectativa de um público rotativo em torno de cinco mil pessoas. Titular da Secretaria Municipal de Esportes, Fabricio Lima ressalta o desafio que é para a cidade causar uma boa impressão como sede do Mundial. “O Brasil terá um grande desafio dentro de campo, mas o nosso é fora dele: temos que passar uma boa imagem de Manaus para o mundo com a realização da Copa”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.