Publicidade
Esportes
Em Manacapuru

Princesa tenta emplacar a quinta vitória consecutiva no Amazonense, contra o Rio Negro

Princesa do Solimões enfrenta o Rio Negro tentando manter sequência de vitórias e chegar até a ponta do Campeonato Amazonense. Rio Negro tenta roubar vaga no G4 da competição. 05/10/2016 às 05:00
Show img0017405902
No primeiro turno, o Tubarão do Norte venceu a partida, em Manaus, por 2 a 0. Os gols foram marcados por Jefferson e Lacraia. (Foto: Winnetou Almeida)
Valter Cardoso Manaus-AM

O momento é o melhor do campeonato e a confiança ajuda a apontar o favorito para a partida. Mandante da partida, o Princesa do Solimões, vem de quatro vitórias consecutivas e curte o seu melhor momento na competição. Nesta quarta-feira (05), o time enfrenta o Rio Negro, às 15h30, no Gilbertão.

“Com certeza estamos no nosso melhor momento. Depois de um inicio ruim, nós começamos a reagir e os quatro ultimos jogos tivemos uma evolução no sentido do rendimento e os resultados apareceram”, explicou Zé Marco.

Apesar do bom momento, o treinador não acredita em um jogo fácil contra o Galo da Praça da Saudade. “A competição está sendo marcada pelo equilíbrio. Esperamos muita dificuldade de um candidato que almeja somar pontos para continuar a disputar uma vaga entre os quatro. É um adversário que tem bastante qualidade”, resumiu o treinador do Princesa do Solimões.

‘Intruso’
 Desde o início da competição fora do grupo dos quatro times que se classificam para a fase de mata-mata, o Rio Negro viu seus principais adversários tropeçarem nas últimas rodadas, mantendo vivo o sonho da quarta vaga do campeonato. Para conseguir a vaga, o time tenta surpreender o Princesa como primeiro passo rumo a uma classificação.

“Nós temos duas partidas muito importantes nesta semana, ela praticamente define o quarto colocado nesta semana. Contra o Princesa e, no sábado contra o Manaus. Se a gente conseguir seis pontos, damos um grande salto na conquista dessa quarta vaga ai”, analisou Aderbal Lana, que também explicou  como pretende interromper a sequência positiva do adversário. “Saber se defender com inteligência e atacar com inteligência tambem”, explicou Lana.
 
 

Publicidade
Publicidade