Publicidade
Esportes
Semideus do Naça

Sobrevivente das mudanças do Nacional, Hércules quer dar título para torcida

Como na mitologia grega, Hércules tem encarado várias provas de fogo no Nacional, mas se mantém firme no time em busca do título 19/10/2016 às 05:00
Show img0017396054
Mesmo com várias mudanças de técnicos, Hércules ganhou papel de líder com a maior deles. (Foto: Antônio Lima)
Valter Cardoso Manaus-AM

O nome é de herói grego: Hércules. A trajetória também pode acabar com um fim semelhante: a consagração.Na mitologia, Hércules concluiu doze trabalhos que só poderiam ser feitos por um semideus, como era o caso, em busca de redenção. No campo, o volante do Nacional, busca o mesmo após presenciar um ano difícil para o torcedor nacionalino. Há quase um ano no Leão, Hércules esteve presente nos elencos que disputaram desde a Copa Verde até a Série D do Campeonato Brasileiro. Sem conseguir comemorar um título em nenhuma das competições, o jogador projeta a conquista do Campeonato Amazonense.

“Eu almejo coisas boas aqui no Nacional. Sempre, nos clubes que eu passo, eu procuro fazer história, então aqui no Nacional não é diferente. Espero, mesmo que eu não fique ano que vem,  que eu deixe história que um dia eu passei no Nacional e fui campeão no ano de 2016, então o jogador de futebol tem que pensar assim, em fazer história onde quer que seja e fazer por onde conquistar essa nação para conquistar mais um título”, explicou Hércules.

A missão do guerreiro Hércules tem mais um dos seus trabalhos nesta quarta-feira (19), contra o Princesa do Solimões. O jogo, válido pela semifinal do Campeonato Amazonense, vai definir quem avança para a grande final do Campeonato Amazonense. Peça de confiança de todos os treinadores que passaram no Nacional durante este ano, o jogador também cativou a torcida pela raça e espera retribuir dentro das quatro linhas o carinho dos torcedores.

“Me sinto grato pela confiança, pelo respeito que eu tive de algumas pessoas, a gente passou por várias dificuldades. Sabemos que passamos por momentos difíceis, mas a gente permaneceu e procura dar o melhor e nesse jogo, como nunca, a gente tem que buscar uma vitória ou uma classificação para a final, para dar o calendário para a equipe do Naça”, explicou o jogador.

Além da disputa pelo título, a vaga na final garante vaga nas competições nacionais do ano que vem. Hércules, como um herói de histórias antigas projeta a conquista não apenas para si. “Hoje eu vejo, e acho que todos os atletas que estão aqui, como o jogo que pode ajudar muitas pessoas, principalmente os funcionários do clube, as pessoas que fazem o Nacional, a própria torcida, de ter um calendário no ano que vem, então a gente espera dar o melhor para conquistar esse objetivo”, finalizou ele.

Publicidade
Publicidade