Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
Craque

Quatro clubes brigam por vaga na semifinal do Amazonense

Integrantes do Grupo A, Nacional, São Raimundo, Princesa e Sul América decidirão quem vai chegar na semifinal



1.jpg Briga na tabela
05/03/2013 às 09:28

Amontoado é o termo que mais se aplica à situação do Grupo A do Estadual de 2013.

Das cinco equipes que disputam vagas às semifinais do primeiro turno, quatro têm condições ou por conta própria ou dependendo de uma combinação de resultados.



O clube cuja situação é mais confortável é o Nacional, líder do grupo com seis pontos e com cinco gols de saldo positivo. O São Raimundo é o vice-líder com cinco pontos e um gol de saldo positivo. Ambos de enfrentam sábado no Clube do Trabalhador (SESI).

O Leão da Vila Municipal se classifica em primeiro com uma vitória por qualquer placar ou até um empate diante do Tufão, desde que Princesa do Solimões e Sul América também não passem de um empate.

Numa hipótese bem remota, o Sulão somente consegue ficar com a segunda vaga se vencer o representante de Manacapuru por seis gols de vantagem. Isso se o Naça empatar com o Tufão sem gols.

Outra hipótese pouco provável é a classificação do Princesa na vice-liderança da tabela, mas isso se daria se vencesse o Trem da Colina por 5 a 0, torcendo, ainda, para que Leão da Vila e São Raimundo não saíam do 0 a 0. A possibilidade tanto de Sul América quanto de Princesa de ser o primeiro colocado do Grupo é remotas, mas possível.

Derrotando o Nacional, o Tufão garante a liderança do grupo, independentemente do resultado de Princesa e Sulão.

Vice-líder do grupo, o time sob comando de Eduardo Clara fica com a segunda vaga no grupo por um empate, mas terá de fazer figa para que Sul América e Tubarão do Norte também terminem a partida de sábado, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (a 170 quilômetros de Manaus), em igualdade.

Diretor de competições da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães explica que o equilíbrio é resultado dos investimentos que os clubes fizeram em qualidade de elenco e de comissão técnica. “Você observa muitas caras novas disputando o Campeonato, jogadores com qualidade técnica, experimentados de outras competições do sul do País. Eu vejo times fortalecidos. Já não há mais aquela superioridade daqueles que são considerados mais tradicionais”, analisa Ivan, que espera casa cheia no sábado tanto no Sesi para Tufão e Nacional, quanto para Sulão e Princesa, em Itacoatiara. “A média de público tem sido melhor que a do ano passado. Isso foi provado agora no primeiro turno”, disse Ivan.

A única certeza no Grupo A é de que o Rio Negro está fora. O Galo da Praça da Saudade, somou apenas três pontos em 12 possíveis e tem saldo negativo de quatro gols, como não tem mais compromisso, já pensa no segundo turno. O Rio Negro também foi a zaga mais vazada do Grupo.

O técnico Iane Geber já anunciou ontem que vai dispensar três jogadores e contratar outros dois. “Vou ter uma conversa com o presidente amanhã (hoje) e vou dar a ele a lista de dispensa. Mas vamos contratar um meia-esquerda e um meia-atacante que joga pela direita”, disse o treinador, que terá 30 dias para arrumar o time para o returno.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.