Terça-feira, 27 de Outubro de 2020
BAREZÃO FEMININO

Quatro times demonstram interesse em participar do Amazonense Feminino

Previsto para iniciar na segunda quinzena de outubro, Estadual Feminino deve agregar quatro equipes: 3B, Fast Clube, JC FC/Liga Itacoatiarense e Sul América



arquivo_ac_73DB6F23-6F30-4E1C-B38A-B857172DEBE3.JPG Foto: Arquivo AC
01/09/2020 às 08:39

Recheado de incertezas no início do período de inscrições, o Amazonense Feminino está tomando forma. De acordo com Ivan Guimarães, diretor de competições da Federação Amazonense de Futebol (FAF), cinco times já demonstraram interesse em disputar o campeonato. As equipes são as seguintes: 3B Sport, Fast Clube, JC FC, Liga Itacoatiarense e Sul América.

Entretanto, a contagem deve cair para quatro. Isso porque a Liga Itacoatiarense, segundo o próprio presidente do clube, Huascar Saraiva, não tem intenção de participar da competição por questões financeiras. Acontecerá, portanto, uma junção com o JC FC, também da ‘Terra da Pedra Pintada’.



“Esse período de pandemia foi bem complicado, principalmente, para os times do interior. Por isso, decidimos nos juntar com o JC. Vamos dar as jogadoras e eles representarão com uniforme”, explicou o presidente da LIDA, que participou da edição do ano passado.

Vale lembrar que o campeão do Amazonense Feminino garante vaga na Série A2 do Brasileiro do ano seguinte. Caso o 3B Sport, atual representante amazonense na divisão de acesso, consiga subir para a elite, a vaga pode ficar com a equipe vice-campeã. O torneio, segundo Ivan Guimarães, diretor de competições da FAF, é previsto para iniciar no final de outubro.

“Vamos marcar uma nova reunião com os clubes para definir. (O Amazonense Feminino) deve começar uma semana depois do início da Série B do Estadual. Até com quatro equipes a FAF consegue realizar o campeonato”, afirmou Ivan Guimarães, dirigente da FAF.

O Iranduba, que disputa atualmente a Série A1 com jogadoras da Fera da Amazônia, vive crise financeira e não demonstrou interesse em participar do Estadual das mulheres. O Hulk é octacampeão amazonense.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.