Sábado, 17 de Agosto de 2019
SÉRIE A1

Em busca da vitória, Iranduba enfrenta as Sereias da Vila na Arena da Amazônia

A dois pontos da zona do rebaixamento, Iranduba quer voltar a vencer na competição. As amazonenses terão pela frente as vice-líderes do Brasileiro Feminino



igor_cearense_96EDA5FC-F725-4FB4-9716-0042D716AA0B.JPG Foto: Denir Simplício
16/07/2019 às 21:08

Nesta quarta-feira (17), às 20h (de Manaus), o Iranduba recebe o Santos na Arena da Amazônia. Em partida que vale pela 12ª rodada do Brasileiro Feminino, as amazonenses buscam se afastar da zona de rebaixamento e colar no grupo de classificação. Por outro lado, as Sereias da Vila tentam assumir a ponta da tabela, que no atual momento é do Corinthians. Atuais líderes e vice-líderes, as equipes paulistas estão com os mesmos 30 pontos - as corinthianas levam vantagem por terem marcado mais gols.

E é confiando em uma nova peça que o Iranduba tenta aumentar a distância de dois pontos em relação ao Minas Icesp, primeiro colocado na zona de rebaixamento. A atacante Paulinha, ex-3B do Amazônia e recém contratada pelo Iranduba, jogou como titular pela primeira vez no último domingo (14), contra o Audax-SP. Na Colina, a camisa 20 marcou os dois gols que garantiram o empate em 2 a 2. “Fiquei muito feliz por ajudar o Iranduba”, comentou.

Sobre o desafio de hoje, Paulinha prevê um difícil confronto. “O Santos não é uma equipe boba. Sabemos que elas não vêm para perder, mas estaremos em campo para dar o nosso melhor. Vencer seria muito importante”, afirmou a atacante, que também lamentou o período curto para treinos e a falta de entrosamento total com o grupo.

Na manhã de ontem (16), na Colina, a equipe fez o último treino visando o confronto contra as paulistas. Vindo de quatro jogos sem vitórias, o Iranduba faz uma campanha preocupante na elite do Brasileiro. Atual nona colocada na tabela, a equipe possui apenas três vitórias em 11 partidas. Além dos triunfos, foram cinco derrotas e três empates. Porém, caso vençam, as amazonenses podem pular para a oitava colocação e entrar no grupo de classificação para a próxima fase.

Do outro lado

Uma das favoritas ao Brasileiro deste ano, as Sereias da Vila possuem dez vitórias em 11 partidas. Porém, no trajeto rumo a Manaus, o adversário esteve fora do campo. Vítimas do descaso da organização do torneio, a equipe santista precisou dormir na recepção de um hotel, em Brasília, por conta de erro na data da reserva dos quartos. Passado o “perrengue” - que foi duramente criticado pela treinadora Emily Lima em suas redes sociais -, a equipe treinou na tarde de ontem (16), em Manaus, no campo do 3B.

A seu favor, a equipe da Baixada Santista terá a centroavante Glaucia, vice-artilheira da atual edição do Brasileiro com 11 gols. E a jogadora conhece bem o gramado em que estará pisando. Em 2017, a paulista teve uma passagem de destaque pelo Iranduba, onde anotou seis gols em nove jogos. “Vivi muitos momentos bons, dos quais eu não vou me esquecer. Principalmente, a torcida, que me recebeu super bem e sempre manda mensagem de carinho”, comentou. “Será um prazer jogar novamente aqui em Manaus, na Arena. Estaremos em busca dos três pontos”, completou .

Receba Novidades

* campo obrigatório
News ac1 c11005fb a54c 4884 8608 3c793bab9e30
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.