Publicidade
Esportes
Mais gente chegando

Nacional apresenta décimo reforço da 'Era Benazzi' para Série D

Esquerdinha jogava no River-PI e chega com status de titular ao Leão da Vila 09/06/2016 às 10:11
Show esquerdinha   1
Esquerdinha iniciou a carreira no Fluminense, quando jogou ao lado de Edmundo e Diego Souza. (Foto: Ennas Barreto/Nacional)
Valter Cardoso Manaus-AM

O meia Eduardo Souza Reis, conhecido como Esquerdinha, se apresentou ao Nacional ontem  e já participou dos treinos da reta final do time na preparação para a Série D do Campeonato Brasileiro. 

O jogador de 32 anos chega ao Leão após duas temporadas defendendo o time River-PI. Pelo clube, ele disputou os campeonatos Piauiense, Série C, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. A saída do jogador do time foi conturbada, já que o meia  deixou a equipe após críticas que ele considerava “desleais” e problemas com torcedores,  que  chegaram a atirar  cerveja no jogador ao fim de uma partida. Mas o meia garante que chega preparado ao Nacional e falou das suas principais características.
“Muita garra. Eu sou um jogador que vou procurar me entragar ao  máximo para a equipe e sempre brigando em prol do grupo, para conseguir os objetivos”, explicou Esquerdinha.

Experiência pesa a favor do novo reforço. No ano passado, o  jogador participou da campanha de acesso do River-PI à Serie C. O atleta também tem passagens por Fluminense, Bahia, Cabofriense, Paysandu, Paulista e Guarani.
“Ele é um meia que já conquistou três ou quatro acessos para a Série C e a nossa meta é essa”, explicou o treinador do Nacional, Vagner Benazzi.


Apesar da rodagem, o jogador renega o posto  de “Salvador da Pátria”. “Eu venho para somar junto com meus companheiros. Sou um meia armador, mas logicamente vou precisar da ajuda de todos os outros companheiros. Não vai ser só Esquerdinha que vai jogar, tem os outros companheiros”,  pontuou. Além de Esquerdinha, o técnico tem à disposição os meias Railson, Alvaro, Charles, Leandro Chaves, Willian Fazendinha e Hugo, que se recupera de cirurgia no departamento médico.  

REFORMULADO
O meia é o décimo reforço desde a chegada do técnico Vagner Benazzi ao Nacional, no mês passado. Para se ter uma ideia da reformulação do elenco, desde que o novo treinador chegou ao Naça, o time tem uma média de 1 jogador novo apresentado a cada 3 dias. Além disso, o treinador do Naça já adiantou que faz negociações com outro atacante, Marcos Bahia, que pode chegar ao time nos próximos dias. 


 SÉRIE D
O Nacional estreia na Série D do Campeonato Brasileiro no próximo domingo,  contra o Gênus-RO, jogando em Porto Velho, às 18h (Manaus). Vagner Benazzi já deve usar Esquerdinha entre os 
titulares.

Publicidade
Publicidade