Publicidade
Esportes
CRAQUES

Artilheiros do Penarol no Barezão, Railson e Branco falam sobre sintonia em campo

A dupla é responsável por seis dos oito gols marcados pelo Penarol na elite do futebol amazonense 24/02/2018 às 17:09 - Atualizado em 24/02/2018 às 23:30
Show raianco
(Foto: Evandro Seixas)
Camila Leonel Manaus (AM)

Nenhuma dupla do Campeonato Amazonense vem fazendo tanto barulho e aterrorizando os adversários quanto Raílson e Branco. Os números justificam isso: Branco e Raílson marcaram três gols, cada. Raílson ainda tem quatro assistências, a maioria delas justamente direcionadas a Branco. 
A parceria que vem dando certo começou na Série B do Barezão no ano passado, quando ambos vestiram a camisa do São Raimundo. O motivo para explicar a sintonia dentro de campo e a afinidade que acontece fora dele.

“Eu nunca tinha jogado com o Branco e quando a gente se apresentou no São Raimundo parecia que estávamos jogando há muito tempo, mas isso foi com muita conversa e a chegada do Branco foi fundamental. Ele é  um cara experimente, com uma qualidade enorme e não foi difícil de isso tudo encaixar. Ele sempre passa tranquilidade principalmente pra mim que sou o mais novo”, disse Raílson.

O atacante Branco destaca que além das conversas a relação de amizade também ajuda muito. “Eu já tinha uma amizade com o Charles, mas com o Raílson é algo recente. Temos uma convivência diária que ajuda bastante. Saímos juntos para conversar e nas férias, por exemplo, nos juntamos para conversar, tomar uma cerveja... e isso é bom para a amizade dar certo”, declarou.

Dentro de campo, além das conversas, os jogadores admitem que ensaiam jogadas, treinam o posicionamento para que na hora do jogo possam colocar em prática. “Todos os dias, durante os treinamentos, a gente procura fazer jogadas, principalmente triangulações para que no jogo possa dar tudo certo e graças a Deus vem dando certo. Que continue assim”, disse Raílson.

Triângulo!

Mas não é só de Raílson e Branco que o ataque do Penarol é formado. Há uma terceira pessoa muito importante para que a dupla funcione: Charles Chenko. Amigo de longa data tanto de Railson como de Branco, o jogador também tem sua parcela no sucesso do Penarol. “A gente (Charles e Raílson) se trata como irmão, de frequentar a casa um do outro e o Branco veio e caiu como uma luva e encaixou no setor ofensivo” , disse Charles Chenko.

A amizade entre Charles e Raílson começou em 2014 no Fast e mesmo passando por outros clubes, a amizade só se fortaleceu. “Charles e um irmão de outra mãe para mim e no futebol isso é difícil de acontecer”. 

Publicidade
Publicidade