Publicidade
Esportes
Ciclismo

Rebeca Fonseca vence no Campeonato Brasileiro de Ciclismo

A atleta amazonense Rebeca Fonseca conquistou título brasileiro de ciclismo de pista, após superar adversidades. 14/10/2016 às 19:47 - Atualizado em 15/10/2016 às 19:02
Show 14702405 1116084188467408 7117279118823121278 n
Rebeca venceu a provas por pontos no ciclismo (Foto: Confederação brasileira de ciclismo)
Jéssica Santos Manaus - AM

Com muita garra e determinação, a ciclista amazonense Rebeca Fonseca, 25, venceu nesta sexta-feira (14) uma prova do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de pista, que aconteceu no velódromo de Maringá - PR. 

Rebeca Fonseca (Manaus Esporte Clube) vem se destacando há tempos no ciclismo de estrada, mas hoje revelou seu talento no velódromo, ao vencer uma prova de pista, conquistando o título da prova ao derrotar Ana Paula (Clube Maringaense de Ciclismo), segunda colocada.

"Foi uma disputa muito equilibrada, mas consegui sair com a vitória. É muito importante para nós jovens competirmos em um ambiente de alto nível, aprender com os mais experientes. O ciclismo de pista brasileiro tem evoluído rapidamente e a meta é alcançar resultados cada vez mais expressivos. Apesar de não ter velódromo na minha cidade, sempre gostei do ciclismo de pista e agora com essa medalha de ouro só vai aumentar a minha motivação", disse Rebeca. 

Dificuldades

Quem fica sabendo da vitória de Rebeca nem imagina os empecilhos que poderiam ter atrapalhado a trajetória da ciclista. A primeira dificuldade de Rebeca é que a atleta estava sem dinheiro para a viagem, mas com o apoio de seus amigos, conseguiu comprar as passagens para o Paraná.

A segunda dificuldade encontrada por Rebeca em Maringá foi a situação de competir sozinha numa prova ciclística como a Omnium (união de várias provas de ciclismo de pista), constituída por equipes se ajudando o tempo todo. Para completar a lista de problemas, o terceira dificuldade foi que, por causa da chuva constante, a maioria das provas foi cancelada na manhã de hoje.

“Choveu a semana inteira, e num velódromo aberto não há condições de serem realizadas provas quando há chuva”, disse Rebeca.

Chateada com o cancelamento das provas, a ciclista já nem sabia o que esperar do seu dia, quando finalmente os organizadores decidiram que os atletas poderiam se inscrever em provas isoladas. Rebeca se inscreveu na prova de 500m, na keirin, e na prova por pontos (em que a cada 10 voltas vale um sprint, e quem chega nas primeiras posições vai acumulando pontos), e foi nesta última competição que ela se destacou, com a inesperada primeira colocação.

“Para mim, foi muito importante, porque eu não tinha nenhum título brasileiro, e agora eu tenho!”, conta a atleta.

Publicidade
Publicidade