Publicidade
Esportes
Craque

Recuperado de lesão, Charles fala de carinho pelo Nacional e desafio difícil contra o Remo

Destaque no Estadual com 10 gols e boa atuação, meia um 'pouco calado', mas bom de bola, quer fazer o primeiro gol na Série D e ajudar o Naça a conquistar o acesso de divisão 09/08/2015 às 13:01
Show 1
Charles é um dos jogadores de destaques do Naça e quer emplacar na Série D
Anderson Silva Manaus (AM)

Um cara sério, tímido... Com esses itens de série, o meia Charles Queiroz, 23, não passa nem perto de ser “descolado”. Como no futebol não precisa ser bom de papo e sim ser bom de bola, o jogador que nas entrevistas prefere falar manso e pouco, adquiriu total aprovação da torcida do Naça.

Desde a partida de estreia contra o Bahia em Salvador pela Copa do Brasil, no dia 16 de abril, na derrota por 3 a 2, Charles ganhou a atenção do torcedor pelo futebol envolvente e de qualidade, e também pelo gol marcado de fora da área no empate em 2 a 2.

Nascia ali o craque do time que mais tarde terminaria Campeão Amazonense 2015, com direito a gol na final e 10 tentos marcados na competição

Se Nacional encontrou o Charles, Charles também encontrou o Nacional. A recíproca vem do próprio jogador na véspera do jogo contra o Remo pela Série D, e voltando de lesão na perna direita falou que deve muito ao clube amazonense.

“É um sentimento especial. Se não fosse aqui eu estaria em casa uma hora dessas. Meu carinho é grande e meu coração tocou para ficar aqui, é aqui que quero ser feliz”, revelou o meia, que possui uma carreira ainda curta, com passagens pelo Gama-DF e pelo Mamoré-MG.

Promessa para a Série D, o rápido jogador ainda não balançou as redes adversárias.

“É o jeito que ele (treinador) me colocou. Ele está me colocando numa posição diferente. Não deixei de cair meu rendimento. Estou numa posição diferente. Estou mais na frente e gosto mais de jogar pelo meio, mas nesse jogo aí vou dar o meu máximo para voltar a ser o Charles que eu era”, avisou o jogador, que está 100% recuperado da lesão que o deixou fora da partida contra o Rio Branco-AC.

“Estou recuperado e sem dores da lesão. Fiquei de fora da partida e é um sentimento ruim. Mas Deus me curou dessa lesão”. 

‘Clássico dos leões’

Na terceira posição na tabela do Grupo A1, Charles sabe que a partida de amanhã, às 20h30, na Arena da Amazônia contra o Remo é de extrema importância para a vida do Leão amazonense na competição. “A Série D é difícil. Sabemos que esse jogo também vai ser difícil. Se perdermos vai ficar difícil a nossa classificação. É dar o máximo no jogo. O Remo é forte no ataque, a zaga não é muito boa e vamos pra cima deles”, afirmou o meia.

Publicidade
Publicidade