Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Recurso da Portuguesa no STJD poderá rebaixar o Flamengo

O Boletim Informativo Diário da Suspensão (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) induziu a Portuguesa ao erro quando informou em seu sistema que o meia Héverton estava apto para jogar, segundo o argumento do time. Caso o STJD acate o recurso, o Flamengo cairia para a Série B salvando a lusa do desceno


20/12/2013 às 13:07

A defesa da Portuguesa utilizará no julgamento do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no próximo dia 27 de dezembro, uma falha no próprio sistema da CBF para provar que o meia Héverton poderia estar em campo.

No Boletim Informativo Diário da Suspensão (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sistema de acesso apenas para a entidade e para os clubes, consta que o jogador já havia cumprido a suspensão e, portanto, apto a entrar em campor.

O novo fato pode causar uma reviravolta no imbróglio envolvendo a Portuguesa e o Fluminense. Caso tenha sucesso com o recurso, time paulistano pode voltar à Série A e mandar nada menos que o Flamengo para a segunda divisão.

Criado exatamente para facilitar a comunicação a respeito de suspensões da CBF com os clubes, o ‘BID da Suspensão’ traz todas as informações sobre os jogadores que estão suspensos ou que já cumpriram suspensão determinadas inclusive pelo STJD.

Em caso de uma mudança na pena à Portuguesa e os pontos retirados forem devolvidos, o rebaixado novamente não seria o Fluminense, mas o Flamengo, que, após perder quatro pontos na segunda-feira (16) por escalação irregular do lateral André Santos, terminou a competição na 16.ª posição, acima da Lusa.


publicidade
publicidade
Masters do Corinthians enfrenta Seleção Evangélica do AM na Arena em maio
Ball Cats vai em busca do título da Champions Ligay em Brasília
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.