Publicidade
Esportes
MMA

'Rei da Selva Combat' prepara décima segunda edição recheada de surpresas

Nova edição do evento de lutas terá lançamento de concurso de ring girls, treino aberto e GP com vaga para mega-luta 07/08/2018 às 03:20
Show zcr0207 06f
Larissa Raywry (foto) assinando contrato para enfrentar Dayane Souza. Foto: Divulgação
Valter Cardoso Manaus (AM)

Os fãs de eventos de lutas do Amazonas já podem ficar animados: começou a contagem regressiva para a 12ª edição do "Rei da Selva Combat".  As disputam vão acontecer no próximo dia 1°, mas as novidades já estão dando as caras.

Uma das principais atrações da nova edição é a disputa do GP, que tem formato diferente das lutas tradicionais. Neste formato, os lutadores fazem duas lutas, sendo a primeira com 3 rounds de 3 minutos. A segunda serão 3 rounds de 5 minutos. O ritmo alucinante merece uma recompensa a altura. “Nós selecionamos a dedo as pessoas do GP porque os campeões deste GP lutarão em um evento em dezembro. O dono do cinturão do GP vai enfrentar o campeão do Mr. Cage”, revelou o presidente "Rei da Selva", Samir Nadaf.

Cada GP conta com quatro lutadores, o chaveamento dos confrontos, porém,  ainda não foram definidos. “Outra grande novidade vai ser que, daqui a duas semanas, vamos fazer um treino aberto no Manaus Plaza com os lutadores do GP. Neste treino aberto, vão saber quem vai lutar contra quem”, completou Samir.

Outro destaque da disputa será um concurso para definir as ring girls. Ao todo serão dez candidatas no concurso "Cage Girl Rainha da Selva", onde a grande vencedora será escolhida no dia do evento, em setembro. 

Publicidade
Publicidade