Publicidade
Esportes
Craque

Renato diz que Flamengo tem de esquecer eliminação e trabalhar

Também fora dos titulares nos últimos jogos, o meia Gabriel seguiu a mesma linha de pensamento de seu companheiro mais experiente e afirmou que está muito feliz em poder vestir a camisa do Flamengo 05/03/2013 às 19:45
Show 1
Renato (esquerda), meia do Flamengo
Acritica.com Manaus (AM)

Para ser campeão do Carioca, o Flamengo precisa primeiro vencer a Taça Rio e por isso, os jogadores começaram nesta terça-feira os treinamentos visando o título da competição. Conforme contou Renato, o elenco vai fazer de tudo para corrigir os pequenos problemas apresentados nesta temporada e seguir trabalhando para manter o bom futebol apresentado durante toda a fase de classificação da Taça Guanabara.

"Nosso lema é trabalhar. Vamos pegar forte para conquistar os nossos objetivos. Ninguém fica feliz com uma eliminação, mas aqui no Rio temos a chance de chegar na final conquistando o segundo turno e é isso que vamos buscar. Podemos não estar sendo badalados, mas estamos fazendo um trabalho muito bom. Nosso time vem crescendo a cada jogo e infelizmente perdemos na hora errada. Ninguém consegue no futebol ser 100%, mas vamos seguir para chegar bem próximo disso", disse Renato.

Sobre não ser titular do Flamengo, o jogador lembrou que apesar de querer estar sempre entre os 11 principais, o mais importante é ajudar os seus companheiros.

"Quero fazer bem ao Flamengo. Isso pode acontecer dentro de campo ou nos treinamentos. Não tenho este tipo de vaidade. Prefiro ser titular, como todo mundo, mas só podem atuar 11 de cada vez. É uma escolha do Dorival e respeito muito isso", avisou.

Também fora dos titulares nos últimos jogos, o meia Gabriel seguiu a mesma linha de pensamento de seu companheiro mais experiente e afirmou que está muito feliz em poder vestir a camisa do Flamengo.

"Escutei muita gente falar que fiz uma boa partida contra o Botafogo, mas isso não quer dizer que estou feliz. Não me importa minha atuação se o time não vencer. Quero ajudar o Flamengo sempre. Passei um tempo na academia quando cheguei e agora estou recuperando minha forma. Quem escala é o Dorival e ele sabe o que é melhor para a gente. Vou trabalhar e buscar meu espaço", contou Gabriel.

Publicidade
Publicidade